“Porque hoje é sábado.
Há um renovar-se de esperanças
Porque hoje é sábado.
Há uma profunda discordância”
– Vinicius de Morais

Recordei este poema de Vinicius a propósito da Cimeira para “resolver”o “problema” Grego na próxima segunda feira.
E confesso sinceramente que não compreendo a falsa sinceridade com que “alguns”chamem de chantagem sobre o povo grego!
A Grécia, auferiu de um tratamento de verdadeira excepção em relação aos países que sofreram resgate, e não foi capaz de resolver os seus problemas, criando uma verdadeira e penosa desigualdade para com os povos que sofreram na pele os efeitos de uma terrível austeridade, conseguindo assim pôr a cabeça fora do lodaçal para onde foram atirados.
Nem eu sou bruxo ou adivinho para saber qual será o resultado desta Magna Reunião – Sei contudo, que se a Grécia vencer este braço de ferro, mais não consegue uma vitória de Pirro,pois apenas varre o lixo para debaixo do tapete, e mais dia menos dia, virá ao de cima o mau cheiro provocado pelo facto de não conseguir resolver os seus problemas estruturais. Os custos serão maiores do que os benefícios. Perdem ainda os povos que enfrentaram as difíceis condições dos últimos anos, pois apoios para a sua reestruturação serão forçosamente utilizado para tapar o desvio grego, podendo reduzir a zero os efeitos do esforço despendido!
Se a Europa mantiver a sua intransigência, perderá no que concerne aos princípios em que assenta o conceito da sua existência na formula actual, além do perigosíssimo precedente que abre! Porém uma vitória atrás da cortina, através de acordos oficiais e outros escondidos, apenas salva aparências mas nada resolve para o Futuro! E disto tenho a certeza, as coisas conduzirão a uma perda, a curto, médio ou longo prazo para o contendor mais fraco…Deseja-se que a concordância das partes assente em sólidas possibilidades de sobrevivência! Caso contrario apenas será uma acha para a fogueira, no futuro. Os acordos feitos sob pressão, e tendo em conta apenas problemas de super urgência estão feridos de morte e raramente se mantêm!!
E se estou escrevendo isto, é, apenas e só porque penso que, a curto ou médio prazo, as nossas vidas irão sentir o efeito desta cimeira!

E porque hoje é sabado
Amanhã é domingo…

Fim de semana com sol, praias e calor!
Invade-me uma modorra e sonolência própria, a que não posso nem quero resistir! Não me vou alongar muito.

Se na Europa o assunto são empréstimos e dinheiro, por aqui, os temas não serão tão diferentes…
O caso Sócrates tem sido ao longo dos últimos meses assunto de todos os dias. Se Sócratesé ou não culpado, não sei, como é óbvio, responder! Não me compete julgá-lo pois para isso há pessoas habilitadas para o fazer! E se a mim, e a todos os cidadãos, é eticamente reprovável fazer qualquer afirmação de inocência-culpa, constato com profunda estupefacção que desde a primeira hora o Homem tem sido alvo de afirmações peremptorias de inocência; isto a pesar de variadíssimas vezes os Tribunais superiores terem mantido a opinião do Procurador e Juíz de Instrução. A Romaria dos Senhores dos Aflitos a Évora para apoio ao Grande Líder para a afirmação peremptória da sua inocência, é quanto a mim, a maior afronta à Justiça! E vida de pessoas que com desempenho de relevo, que tiveram na vida Portuguesa! Não posso dizer que Sócrates seja culpado dos gravíssimos crimes de que é acusado. Tão pouco lhe assiste o direito de o considerar inocente! Os julgamentos jamais se fazem na praça pública! Nem eu, nem ninguém se pode arvorar em julgador ou juíz. Respeitaria e teria a maior das considerações, se tivesse visto “esta gente”,com igual fervor, defender todos os inocentes! Teria por eles o maior respeito. Assim, não tenho! São para mim gentalha sem ética pessoal e profissional, que não se importando de fazer o papel de bobo, tomando as pessoas como idiotas! A fúria difamatória contra Juiz e Procurador, apesar de repetida, reiterada, chancelada e apoiada por outros Tribunais faz-me desconfiar!
A afirmação de que o caso é de perseguição política, colide com a opinião da maioria das pessoas, o que me leva a acreditar que tal estratégia de desacreditação, e criação de “novas verdades” mais não é do que a repetição da estratégia do Ministério da Propaganda do III Reich: “Uma mentira repetida inúmeras vezes, torna-se “a verdade!” (Goebbels).
As verdades oficiais, em que muitos ainda acreditam!
Se Sócrates é ou não culpado, não sei, mas como em Política o que parece, é…
Teria o maior respeito por esta gente, tivessem tido comportamentos exemplares e idêntico noutros casos de injustiças, mas não! Assim por eles nutro profundo desprezo e desrespeito! E aquelas romarias ao Senhor dos Aflitos parecendo de bandos de zoombies ou de pagadores de promessas à espera de resgatas o seu dono e senhor!
Faz-me recordar o velho Far Oeste onde um bando quer assaltar a cadeia para libertar o chefe!
Que não posso nem devo julgar ninguém, é verdade! Mas que tenho a minha ideia, e que ninguém ma pode tirar também é verdade.

“Porque hoje é sábado
Há um garden party na cadeia!

Porque hoje é sábado
Há um pic nic de políticos

“Há criancinhas que não comem
Porque hoje é sábado”

“Há um renovar de esperanças
Porque hoje é sábado”

“Acreditemos e lutemos
E dando os trâmites por findos
Porque hoje é sábado.”
(Vinicius)

The following two tabs change content below.

Mendes Ferreira

Ortopedista e Médico do Trabalho
Médico Especialista Cirurgia Ortopedia e Traumatológica; Assistente Hospital Universidade de Coimbra; Médico Hospital de Faro e Setúbal; Médico do Trabalho em diversas Organizações e Empresas; Clínica Privada em Lisboa e Setúbal. Actualmente gozando a sua reforma, faz o que lhe dá na gana, já que a sua activa vida não lhe concedia tempo, diversificando actividades e atenção , acabando...por não ter tempo para fazer tudo aquilo que gostaria de fazer...

Últimos textos de Mendes Ferreira (ver todos)