Um pai e um filho, no carro, a caminho de casa.

   

Filho: Pai…?

   

Pai: Sim, filhote…?

   

Filho: Aquele candeeiro está apagado!

   
Pai: Pois está, filho.

   

Filho: Oh pai, porquê?

   

Pai: Então… a luz deve estar fundida!

   

Filho: Porque é que a luz está fundida, pai?

   

Pai: Então… deve estar danificada, ou então entrou em curto-circuito!

   

Filho: O que é o curto-circuito, Pai?

   

Pai: Bem, não sei se consigo explicar-te bem. É uma passagem de corrente elétrica acima do normal.

   

Filho: A corrente elétrica é “piligrosa”, pai.

   

Pai: Sim, filho. A corrente elétrica é muito perigosa.

   

Filho: Porque é que a corrente elétrica é “piligrosa”, pai?

   

Pai: Filho, tens três anos. Ainda é muito cedo para questionares tudo isso!

   

Filho: Não é cedo, pai. Já é de noite. Se é noite… porque é que aquele candeeiro está apagado?Fotografia de capa por roland

The following two tabs change content below.

Olavo Nóbrega

Ator e encenador
Ator, mas também encenador. Orienta (de)formações em expressão dramática. Gosta de conhecer pessoas. Não come carne.

Últimos textos de Olavo Nóbrega (ver todos)