O Vitória Futebol Clube apresentou, na Feira de Sant’Iago, em Setúbal, o plantel sénior, equipa técnica e os novos equipamentos para a época de 2015/2016. André Horta, jogador formado no clube e que transita da época passada, referiu que o objetivo para a época que agora começa “passa pela manutenção”, mas considera “importante fazer o melhor campeonato possível”.
miolo2 (2).jpg_Apresentação do Vitória Futebol Clube
O jogador adiantou também que “todas as equipas começam com zero pontos” e que “o grupo está empenhado em pensar jogo a jogo, jogando todas as partidas para ganhar”. André Horta reconhece que ”se começarem a jogar bem e a ganhar jogos, a equipa pode almejar a chegar a uma boa classificação”.

O também irmão de Ricardo Horta, jogador do Málaga de Espanha, lembra que “o Vitória é um clube grande que já está há muito tempo na 1ª Liga”, por isso “não pode ficar contente apenas com a manutenção ou, com o 14º lugar da época passada, tem de querer sempre mais”. Para André Horta, o ideal é “andar acima do meio da tabela e dar o máximo em cada jogo para tentar ganhar”, apesar disso, “poder não depender só do esforço da equipa”.

Quanto ao novo treinador, o jogador de 18 anos considera que Quim Machado “é uma pessoa com ideias muito próprias, e que está a tentar passar todos os seus conhecimentos aos jogadores”. André Horta acrescenta que Quim Machado “é um treinador bastante ambicioso, que tanto como o resto da equipa quer atingir o sucesso”.

miolo (2).jpg_Apresentação do Vitória Futebol Clube
Em relação à recorrente aposta do clube em atletas jovens, contratados a equipas de escalões inferiores, o jogador sadino afirma que “não é fácil jogar no Vitória”, uma vez que “é um clube com muita história e para o clube apostar neles, é porque têm qualidade”.

Além da presença dos atletas que transitam da época passada, foram também apresentados os reforços Elhouni, Elgadi (ambos ex-Al Ahli Tripoli), Mansour (ex-Al Wahda), André Claro (ex-Arouca), William Alves (ex-Paysandu), Diego (ex-Juventude), Nuno Pinto (ex-Astra Giurgiu), Tissone (ex-Anadia), Vasco Costa (ex-Fafe), Ruca (ex-Mafra), João Costa (ex-Lus. Vildemoinhos) e Fábio Pacheco (ex-Tondela), além dos jogadores que regressam de empréstimo Peixinho, Fábio Pala e Hassan (todos ex-Pinhalnovense).