São Francisco Xavier, padroeiro de Setúbal, é homenageado no sábado com um conjunto de iniciativas, que incluem uma evocação, uma conferência e a apresentação de um livro

As comemorações do dia dedicado a S. Francisco Xavier, organizadas pela Câmara Municipal em parceria com a Liga dos Amigos de Setúbal e Azeitão, a Universidade Sénior de Setúbal e a Vigararia de Setúbal, com o apoio da Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra, têm início às 09h00, na Igreja de S. Julião, com a celebração de uma eucaristia pelo bispo D. José Ornelas de Carvalho.

Segue-se, às 10h00, uma evocação com deposição de flores no monumento em honra do padre jesuíta, junto do Jardim da Beira-Mar.

As celebrações prosseguem, uma hora depois, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, com a conferência “Proposta de uma leitura simbólica do quadro S. Francisco Xavier na Índia”, pelos arquitetos Luís Paixão e João Cruz Alves, que refletem sobre o lugar desta pintura nos cinquenta anos de atividade de Lima de Freitas e fazem uma leitura simbólica da obra.

À tarde, com início às 17h00, a Galeria Municipal do Banco de Portugal acolhe a apresentação do livro “Casas Religiosas de Setúbal e Azeitão”, coordenado por Albérico Afonso Costa, António Cunha Bento, Inês Gato de Pinho e Maria João Pereira Coutinho.

A obra retoma as comunicações de um congresso que a Liga dos Amigos de Setúbal e Azeitão promoveu em 2014, sobre o mesmo tema.