Realizou-se no dia 25 de outubro, uma reunião entre a Câmara Municipal do Montijo e o secretário de Estado das Pescas, José Apolinário, onde foi discutida a visão estratégica para a valorização do Estuário do Tejo.

O presidente da Câmara Municipal do Montijo, Nuno Canta, relembrou o governante da necessidade de criar um circuito comercial de pescado num contexto de proximidade, a localizar no novo Cais dos Pescadores e a gerir pela Sociedade Cooperativa União Piscatória Aldegalense.

Discutiu-se também a necessidade de um programa de valorização da navegabilidade do Tejo, designadamente o desassoreamento das calas e a despoluição do rio, assente em investimento comunitário. Falou-se no crescimento da economia do estuário através do desenvolvimento do turismo fluvial.

Por fim, foi abordada a problemática associada à atividade da apanha de bivalves no estuário, no sentido da legalização da atividade e da garantia de saúde pública dos consumidores. Um assunto negligenciado durante anos pelo anterior Governo, e que mais uma vez a Câmara Municipal do Montijo chama a atenção para a necessidade de centrar as opções políticas nas questões em que verdadeiramente está em causa o nosso destino coletivo.