A Câmara Municipal de Santiago do Cacém, a Repsol Polímeros e 17 entidades desportivas, culturais e sociais do Município assinaram, na tarde do dia 30 de maio, na Sala de Sessões da sede do Município, em Santiago do Cacém, protocolos de colaboração que envolvem uma verba total de 48 mil euros, mais 4 mil em relação ao ano anterior.

O presidente da CMSC, Álvaro Beijinha, sublinhou a decisão da Repsol em aumentar o valor do protocolo com as coletividades do Município, um acréscimo que permitiu aumentar o número de entidades contempladas por este apoio (foram dez no ano anterior). Já o diretor do Complexo de Sines da Repsol Polímeros, Joaquín Garcia Estañ, destacou este apoio financeiro dentro da responsabilidade social da empresa no Município de Santiago do Cacém.

As coletividades que assinaram os protocolos foram o Estrela de Santo André, Juventude Atlético Clube, Hockey Club de Santiago, AJAGATO, União Sport Club, Instituto das Comunidades Educativas, Quadricultura, Sociedade Recreativa Filarmónica União Artística, Kotas Bike Team, Academia Sénior de Artes e Saberes (ASAS), Lus’Alma, Associação Cultural de Santiago do Cacém, Sociedade Harmonia, Grupo à Cante Alentejano Vozes Além’Tejo, Centro Cultural de Santo André e Associação de Moradores da Zona de Brescos. A Junta de Freguesia de Santo André também assinou o protocolo, no âmbito de uma iniciativa que tem sido desenvolvida por uma coletividade da freguesia.