A música antiga está em destaque no West Coast Early Music Festival, que recebe concertos entre os dias 2 e 29 em vários locais de Setúbal, no âmbito do Mês da Música

A nona edição do festival organizado pela Música Antiga Associação Cultural, com diversos eventos ao longo do ano, promove em Setúbal, com apoio da Câmara Municipal, um Ciclo de Outono, composto por quatro concertos e um filme.

O certame, dedicado particularmente à , com concertos às 21h30 e entradas a cinco euros, tem início no dia 2 com o Quarteto Francisco de Goya a atuar na Igreja de Jesus.

A formação madrilena, composta por Pablo Gutiérrez e Irene Benito, no violino, Marta Mayoral, na viola, e Alejandro Marías, no violoncelo, interpreta “Quartetos de Cordas de Manuel Canales”.

No dia 8, o Salão Nobre dos Paços do Concelho apresenta o concerto “Triunfo do Barroco Francês”, com um trio de flauta de bisel, viola de gamba e cravo.

O West Coast Early Music Festival recebe um tributo a Bach, com obras solísticas para flauta e cravo, dia 22, no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

No dia 29, a Igreja de Jesus é palco do último espetáculo do Ciclo de Outono do West Coast Early Music Festival.

Concerto Ibérico Orquestra Barroca, grupo de Idanha-a-Nova, e Helianteya Ensemble, de Roma, aos quais se junta o Coral Infantil de Setúbal, promovem um concerto em que são interpretadas obras de Bach.

O cartaz sadino do festival, integrado no programa local de comemoração do Mês da Música, inclui no dia 16, às 16h00, na Casa da Cultura, a exibição do filme “L’Incoronazione di Poppea”, realizado em 1979 por Cláudio Monteverdi, numa sessão comentada, de entrada livre.

Fotografia de Iglesia en Valladolid