“A saúde, a conclusão das obras do IP8/A26 entre Sines e Beja, a reparação do IC1 entre Alcácer e Grândola” e a “construção da via-férrea que permite a ligação entre o porto de Sines e Espanha” são alguns dos temas que vão ser debatidos pelos presidentes das Assembleias Municipais (AM) dos concelhos do Litoral Alentejano, este fim de semana, em Grândola, adianta o presidente da Assembleia Municipal de Alcácer do Sal. António Balona apela “à participação dos habitantes dos diferentes municípios”, de modo a “darem o seu contributo para a resolução dos problemas”.

Visita Embaixatriz - Cuba - Municipio Alcacer _António Balona

O responsável pela Assembleia Municipal de Alcácer do Sal informa que pretendem nesta reunião “discutir e aprovar outras iniciativas que possam ser levadas a cabo para minimizar os problemas da região” e que permitam “sensibilizar as entidades competentes para a resolução dos mesmos”. António Balona sublinha que decidiram realizar esta reunião com o objetivo de “juntos darem mais visibilidade aos problemas em causa”, de modo a que “o Governo tome algumas medidas”.

O presidente da Assembleia Municipal de Alcácer o Sal lembra que já realizaram “moções de protesto e de repúdio do serviço público”, já se “reuniram com a população para ouvir as suas necessidades” e já “distribuíram comunicados junto da mesma”, com o objetivo de informá-las que as assembleias estão sensíveis aos problemas que afetam a todos. A reunião do próximo dia dez é pública e conta com a presença dos presidentes das Assembleias Municipais de Alcácer do Sal, Grândola, Odemira, Santiago do Cacém e Sines e dos deputados das cinco assembleias.