A inauguração do Museu Marítimo de Sesimbra, na Fortaleza de Santiago, foi o momento alto das comemorações do Dia do Pescador, 31 de maio. A cerimónia contou com a presença da Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, que enalteceu o trabalho da autarquia na recuperação e preservação do património. «Felicito a Câmara Municipal de Sesimbra pela aposta na requalificação do património e especialmente pela criação deste espaço cultural, que concilia o conceito de museu tradicional com as novas tecnologias para dar a conhecer variadíssimos aspetos da pesca, as memórias e tradições da comunidade sesimbrense», sublinhou a Ministra, durante a visita inaugural, na qual foi acompanhada pelo presidente da Câmara Municipal, Augusto Pólvora, o secretário de Estado das Pescas, José Apolinário, autarcas, representante do secretário de Estado da cultura e de várias entidades que apoiaram e participaram na instalação deste equipamento.

A titular da pasta do Mar do Governo afirmou ainda que o Museu «é o reflexo de um excelente trabalho do ponto de vista cultural e, também um exemplo da boa aplicação de fundos comunitários». No final, Ana Paula Vitorino afirmou que vai voltar com a família «porque este museu está muito bem conseguido e merece uma visita mais prolongada», concluiu.

Por seu turno, a vice-presidente da Câmara Municipal de Sesimbra, Felícia Costa destacou a importância deste espaço cultural para Sesimbra: «o Museu Marítimo é um dos projetos culturais mais relevantes para o concelho e tem um simbolismo muito forte para a vila e para a sua comunidade, porque disponibiliza um valioso espólio reunido ao longo de décadas que dá a conhecer a história e o saber único dos sesimbrenses, e porque é o culminar do processo de recuperação da Fortaleza de Santiago, o local ideal para a instalação deste museu», referiu, acrescentando que é um museu da comunidade, pela proximidade e colaboração dos sesimbrenses ao longo dos anos.

A inauguração contou com a presença de muitos munícipes, que quiseram ser os primeiros a visitar os vários espaços do Museu Marítimo, que apresenta uma componente lúdica e interativa que surpreendeu e cativou todos os presentes.

O museu vai estar aberto ao público de terça a domingo, das 10 às 13 e das 14.30 às 17.30 horas. Os residentes no concelho têm entrada gratuita.