Uma edição especial de Moscatel de Setúbal da Casa Ermelinda Freitas do ano 2012 com rótulos onde estão inscritos sonetos de Bocage é apresentada no domingo, às 17h00, na Casa da Baía

A iniciativa, organizada pela Associação Casa da Poesia de Setúbal, no âmbito das Comemorações dos 250 Anos do Nascimento de Bocage, marca o lançamento para venda de duas centenas de garrafas de Moscatel de Setúbal da Casa Ermelinda Freitas, a dez euros cada, com um rótulo especial.

Há dois sonetos diferentes de Bocage para descobrir nas garrafas, sendo que a Casa da Poesia optou por poemas pouco conhecidos de Elmano Sadino de forma a divulgar outros temas da sua obra.

“Escolhemos dois poemas relacionados com o amor, para dar a conhecer mais este lado de Bocage. Quisemos evitar os poemas que toda a gente já conhece ou outros relacionados com assuntos mais sombrios e com o tema da morte”, explica Alexandrina Pereira, da direção da Casa da Poesia.

As garrafas, cujas receitas da venda revertem para a Casa da Poesia de Setúbal, estão à venda na Casa da Baía, durante a realização do evento, e podem ser adquiridas depois na loja Coisas de Setúbal ou diretamente através da associação, que está sediada na Avenida Luísa Todi, n.º 354.

A apresentação desta edição especial de Moscatel de Setúbal da Casa Ermelinda Freitas de 2012 é conduzida pelo jornalista Amílcar Malhó, enquanto o ator José Nobre veste a pele de Bocage para receber os convidados e recitar sonetos do poeta setubalense.

O evento conta ainda com um momento musical a cargo de Carlos Pinto, que toca músicas tradicionais de Setúbal ao piano.