A Câmara Municipal de Setúbal assinou ontem um protocolo com a produtora Coral Europa, no âmbito da série “Inspetor Max”, em rodagem na cidade, produção que contribui para a afirmação do concelho como local de excelência

 

Será um prazer ver o mais famoso inspetor canino português fazer as suas investigações na Avenida Luísa Todi, correr pela nossa zona ribeirinha e ajudar a prender os criminosos”, afirmou a presidente da autarquia.

No discurso de apresentação da nova produção televisiva que reinventa a famosa série Inspetor Max, emitida pela TVI, Maria das Dores Meira fez questão de mencionar locais da cidade onde, nos próximos meses, é possível assistir às gravações.

“A cidade recebe esta nova produção televisiva, afirmando-se, cada vez mais, como um local com excelentes condições para a realização de grandes produções audiovisuais”, salientou durante a cerimónia de assinatura do protocolo estabelecido entre o município de Setúbal e a Coral Europa, empresa responsável pela produção de Inspetor Max.

A edil acentuou ainda que a escolha da cidade e do concelho de Setúbal para as gravações dos cenários exteriores da série juvenil que é líder de audiências na televisão nacional representa um “excelente investimento” nas capacidades de atração da cidade. “Ganhamos um enorme suplemento de visibilidade que leva o nosso nome mais longe, que traz mais turistas, mais visitantes, mais negócio.”

O acordo, formalizado durante um almoço no Hotel do Sado, em Setúbal, inicia um processo de cooperação com vista à realização, em Setúbal, de uma nova temporada da série televisiva, de que se espera um “considerável retorno” em matéria de visitantes turísticos e projeção externa.

assinatura_protocolo_inspetor_max_04

A série “Inspetor Max” estreou na TVI em 2004 e tem-se mantido no ecrã desde então, com episódios repetidos nas manhãs de fim de semana. O sucesso obtido junto do público ditou a gravação de uma nova temporada, que conta no elenco de atores com os nomes de Fernando Luís, Rui Santos e Ruy de Carvalho, que transitam das séries anteriores.

Doze anos depois de se ter estreado como inspetor da Policia Judiciária ao lado do cão pastor alemão, o ator Fernando Luís, ou melhor, Jorge Mendes, volta a ser uma figura de destaque na nova série, que nesta nova temporada conta com dois cães-polícia.

“Já passaram alguns anos e já não tenho a mesma idade. Mas tenho mantido a mesma forma e acho que ainda consigo correr atrás do Max. Preparei-me psicologicamente”, referiu o ator na cerimónia, de forma bem-disposta.

Fernando Luís não escondeu a satisfação por estar a rodar a série nas ruas da cidade onde nasceu. “Tenho visto que a cidade está muito bem, com ruas a ficar cada vez mais bonitas”, afirmou.

De volta à ficção, o ator revelou o estado atual da vida do inspetor Jorge Mendes, que em breve pode ser vista no pequeno ecrã. “Na altura, achámos que ele ia ficar com uma das diretoras do Departamento de Investigação Criminal, mas acabou por se casar com uma advogada. Tem dois filhos e uma enteada, já crescidos. Os dois filhos seguiram as pegadas do pai”, conta, referindo-se às personagens de Sara Buttler e Afonso Maló, os jovens que no passado interpretaram Catarina e Tiago.

As gravações do “Inspetor Max” na cidade de Setúbal arrancaram no início de novembro e mantém-se até março do próximo ano. O ator José Carlos Pereira, que pela primeira vez participa no elenco da série, no papel de inspetor Jaime Silva, foi uma das primeiras caras conhecidas a gravar nas ruas da cidade.

“É a segunda vez que trabalho em Setúbal e gosto muito de vir cá. É perto de Lisboa, mas não tem nada a ver. É uma cidade mais fria nesta época do ano, mas tem sempre sol e sentimo-nos mais bem-dispostos aqui. Tem uma vista única, mistura do verde da serra e da cor do mar”, refere o ator, também conhecido por Zeca.

Mas se o elenco ganhou novas personagens, também estas fazem uma nova história. Ou seja, o velho Max está hoje reformado e é o seu filho, Max Júnior, que assume o papel de cão-inspetor.

O inspetor Jorge Mendes, agora coordenador de investigação da Policia Judiciária, casou com Joana, personagem interpretada pela atriz Patrícia Tavares.

assinatura_protocolo_inspetor_max_05

O núcleo afetivo e a noção do conceito de família transitam de uma história para outra. Porém, o avô João, médico reformado, interpretado por Ruy de Carvalho, que até então vivia com a família, mora agora sozinho num apartamento. Rita Salema junta-se ao elenco para interpretar Lucinda, a empregada da família.

O elenco da série conta ainda com Madalena Brandão no papel de inspetora Helena Ribeiro, Maura Faial como Vera Lucas, investigadora criminal, e Isaac Alfaiate que encarna Tiago Mendes, irmão de Catarina Mendes, interpretada por Mariana Marques Guedes.

Também o inspetor Sérgio Calado, interpretado pelo ator Rui Santo, personagem que se tornou famosa na série anterior como colega de Jorge Mendes, transita para a nova série.

O polícia, promovido a inspetor-chefe da PJ, vive um período conturbado na vida pessoal após o segundo divórcio. As picardias com a ex-mulher, Elsa Xavier, interpretada por Gabriela Barros, com a qual ainda divide o mesmo teto, conferem à série algum humor.

A Câmara Municipal de Setúbal disponibiliza-se a acompanhar as gravações da série, com estreia prevista na TVI para o início do próximo ano, de forma a garantir o respeito e a observância dos termos dispostos, bem como a fazer as devidas diligências junto das entidades públicas com jurisdição territorial nas zonas ribeirinhas do concelho de forma a facilitar os trabalhos.

A autarquia compromete-se ainda a assegurar “a agilização dos procedimentos para a utilização de locais de gravação públicos e edifícios particulares, ao nível de fachadas e interiores de prédios, hotéis, associações desportivas, bares e restaurantes e discotecas, desde que previamente autorizados pelos proprietários.”

O protocolo de colaboração selado hoje cessa na data de conclusão das gravações de exteriores da série “Inspetor Max”, as quais decorrem previsivelmente entre este mês e março próximo.