O Festival Sabores do Sado, em Alcácer do Sal, tem como objetivo “dar a conhecer a riqueza do rio Sado, promover a cidade de Alcácer do Sal”, bem como pretende divulgar a “gastronomia que é apanhada no respetivo rio”, revela o presidente da União de Freguesias de Alcácer do Sal e de Santa Susana. José Passos adianta que as pessoas vão poder encontrar no evento “momentos de diversão, artesanato, tasquinhas com petiscos locais, música” e uma “procissão no rio Sado”.

Festival Sabores do Sado_Alcácer do Sal.jpg_1

O autarca considera que o que o Festival Sabores do Sado tem de original é a “procissão noturna no rio Sado” e a “própria promoção do rio”. José Passos entende que as pessoas devem ir ao certame, porque é uma oportunidade de “conhecer Alcácer do Sal” e a sua “gastronomia local”, podendo sempre “participar na procissão”, que é um momento que junta pessoas de diferentes faixas etárias.

O responsável pela organização do evento refere que o ponto alto do festival vai ser no “sábado à noite com a procissão” e com os “espetáculos musicais”, seguido do “fogo de artifício”. José Passos lembra que participam na cortejo “dezenas de barcos, de Setúbal, de Alcácer do Sal e da Carrasqueira”, indo a “Santa Maria do Castelo no galeão”, onde o “padre vai a celebrar a eucaristia”.

O presidente da união de freguesias sublinha, que segundo o padre da localidade, este é o “maior evento religioso na zona circundante”. José Passos assegura que o certame vai dinamizar a economia local, uma vez que vai estar no concelho “um número significativo de visitantes” e por os “restaurantes à beira rio irem promover a gastronomia local com menus, com preços acessíveis”.

O representante da comissão organizadora do festival ambiciona que participem no evento “milhares de pessoas” e para tal apostaram na “divulgação através dos meios de comunicação social, de cartazes, da distribuição de panfletos e de cartazes pelo concelho e nos arredores”, assim como recorreram aos “moppis, outdoors” e às “redes sociais”.

A 2ª edição do Festival Sabores do Sado vai-se realizar em Alcácer do Sal, na margem sul, de 24 a 26 de julho. Este evento está orçado em cerca de 20 mil euros e é financiado pela união de juntas de freguesias e pela Câmara Municipal de Alcácer do Sal, sendo uma organização da união de freguesias.