Nos dias 2, 3 e 4 de setembro, o Parque de Feiras e Exposições de Santiago do Cacém recebe um evento secular, a Feira do Monte, que pretende afirmar as raízes locais através de uma forte presença de artesanato e de produtos locais, que são bastante ricos e variados no Município Santiago do Cacém. “A Câmara tem investido, nos últimos anos, nestas áreas, de modo a que Feira do Monte seja cada vez mais conhecida nestas vertentes”, salienta Álvaro Beijinha, Presidente da Câmara Municipal de Santiago do Cacém.

O espaço dedicado ao artesanato (Pavilhão de Exposições) conta com um total de 78 expositores e um espaço central dedicado à gastronomia local, com degustações, onde estão representados: o mel, o azeite, as alcomonias e os rebuçados de pinhão e mel, o vinho,os licores e as compotas, o bolo de Santiago e as sopas de tomate, que serão confecionadas por um Chef de Cozinha (lançamento do II Festival do Tomate, que se realiza nos restaurantes de Mimosa, em Alvalade, entre 9 e 11 de setembro).

Dos expositores no Pavilhão de Exposições, o destaque vai, ainda, para os Chocalhos Pardalinho, representando o chocalho alentejano considerado Património Imaterial da Humanidade pela UNESCO, e para a recriação do fado ao despique.

Na zona exterior, está instalada a feira franca, onde se vende de tudo um pouco (roupa, olaria, calçado, quinquilharia, etc.).

A música também tem uma presença forte na Feira do Monte. “Tendo em conta que temos uma realidade financeira mais consolidada, decidimos, este ano, investir mais na área dos espetáculos”, refere Álvaro Beijinha.

Destaque para as atuações, no dia 2, do Grupo À Cante Alentejano Vozes de Além’ Tejo (20h00), do Grupo Skibeline (21h00), para o concerto com ÁTOA (22h30) e para a DJOana (00h00); no dia 3, do Grupo de Cante Alentejano Os Baldoregas (20h00), para o concerto com DIOGO PIÇARRA (22h30) e para o DJ Dual X (00h00); e, no dia 4, para aa atuações da Banda Filarmónica Lira Cercalense (20h00), do Grupo Coral da Casa do Povo do Cercal do Alentejo (20h30), da Escola de Dança Kizomba Me (21h00) e para o baile com RICARDO GLÓRIA, RUBEN BAIÃO E FÁBIO LAGARTO (22h00).

No dia 4 de setembro, a partir das 14h00, salinta-se para a transmissão, em direto, do programa “Somos Portugal” da TVI, a partir da Feira do Monte. Álvaro Beijinha considera uma oportunidade “para mostrar o que produzimos e para promover o nosso município, através de um programa de televisão com o maior número de audiência aos domingos à tarde”.

As portas da feira, na zona do terrado, abrem diariamente às 10h00, e nos Pavilhões de Exposições, às 14h00 (sexta-feira e sábado) e às 12h00 (domingo). As entradas, à semelhança das anteriores edições, são gratuitas.