A Capela da Santa Casa da Misericórdia de Azeitão reabriu no sábado à tarde após a realização de profundas intervenções de restauro que devolveram pormenores originais daquele património religioso de Vila Nogueira, concelho de Setúbal

 

Os trabalhos, conduzidos por uma empresa especializada neste tipo de restauros e com base em imagens mais antigas, incluíram a renovação integral do interior da capela, que recuperou traços e cores da construção original.

A talha dourada, o azul, o bege e o branco pintam a nave daquele que é um dos edifícios religiosos mais emblemáticos de Azeitão, devolvido à comunidade local, agora com um novo esplendor e mais dignidade.

O interior, unificado numa única nave, com capela-mor profunda e estreita, apresenta tribunas e altar-mor com camarim enquadrado por uma estrutura de talha joanina e coro alto assente em colunas toscanas.

A reabertura da capela, com obras apoiadas pela Junta de Freguesia de Azeitão e pela Câmara Municipal de Setúbal, contou com uma cerimónia pelo bispo de Setúbal, D. José Ornelas Carvalho.

Na cerimónia, entre outras individualidades, marcaram presença a presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira, a presidente da Junta de Freguesia de Azeitão, Celestina Neves, e o padre da Paróquia de Azeitão, Luís Ferreira.

A Capela da Santa Casa da Misericórdia de Azeitão, localizada na Rua José Augusto Coelho, é um dos edifícios religiosos mais emblemáticos de Vila Nogueira e espaço primordial para a realização de velórios.

É também naquela capela que, desde 1755, Azeitão agradece ao Senhor dos Passos a proteção divina a propósito do terramoto, que também abalou a região, com uma missa solene seguida de procissão nas ruas da vila.

De arquitetura religiosa maneirista e barroca, a Capela da Santa Casa da Misericórdia de Azeitão apresenta uma torre sineira adossada, com remate em frontão contracurvado e um relógio ao centro.