As recentes intervenções na frente marítima de Sesimbra, que contorna uma das mais belas baías de Portugal, permitiram aumentar as áreas pedonais, organizar o trânsito, recuperar a Fortaleza de Santiago, criar zonas de descanso e contemplação e construir um conjunto de novos acessos aos areais e equipamentos de praia

A excelência das praias da vila de Sesimbra é acompanhada pela excelência da sua marginal, um dos “ex-libris” do concelho e da região, que se enche de gente,

tanto nas noites quentes de verão como nos fins de semana de inverno.

Um passeio de cerca de um quilómetro, sempre à beira-mar leva-nos desde a Praça da Califórnia até ao Hotel do Mar, passando pela Fortaleza de Santiago, onde foi recentemente instalado o Museu Marítimo, ou pelo Largo da Marinha, local onde antes os pescadores contemplavam o mar.

Na zona nascente, ou “Caneiro”, como é conhecido na vila, nota-se o recorte da Serra da Arrábida que, daquele ponto, sobe para a escarpa calcária sobre o mar mais alta da Europa.

Na zona poente, o pontão, as luzes e a azáfama do Porto de Abrigo moldam a paisagem e afirmam a tradição pesqueira desta terra. Neste curto percurso, à beira-

mar, convive-se de perto com o comércio tradicional, em especial com as esplanadas e os estabelecimentos de hotelaria e restauração, que disponibilizam a quem passa o peixe e os mariscos de Sesimbra.

Como forma de preservar este espaço público de grande valor turístico para a vila, a Câmara Municipal tem levado a cabo um conjunto de pequenas operações

de manutenção, que muitas vezes não são percetíveis mas que no seu conjunto permitem que a Marginal (Av. dos Náufragos, Rua da Fortaleza, Av. 25 de Abril e Praça da Califórnia) continuem a ser um dos locais de referência.

A limpeza dos taludes de acesso às praias, o tratamento do mobiliário urbano, a intervenção na “sapata” em frente à Sociedade Musical Sesimbrense, a lavagem

semanal da marginal e rampas de acesso à praia na época balnear, a reformulação dos sistemas de iluminação com recurso a tecnologia “led”, mais eficaz e económica, e a recolha de muitos dos cabos elétricos aéreos e a colocação de nova sinalética informativa nos acessos à praia são alguns exemplos dessas ações, efetuadas dia-a-dia pelos funcionários municipais.