Lídia Sequeira salientou potencialidades diferenciadoras do Porto de Setúbal. Evento foi preenchido por muitas actividades diversas

A população de Setúbal e o rio Sado voltaram a reunir-se, com a realização da Semana do Mar 2016, entre 10 e 16 de outubro. Foi mais um êxito da parceria entre a APSS – Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra, SA e a Câmara Municipal de Setúbal, com a habitual colaboração da Marinha Portuguesa, da Aporvela, e a participação de mais de três dezenas de parceiros, entre associações de pescadores, náuticas, culturais e entidades relacionadas com a Economia do Mar.

Foi cumprido um programa que incluiu atividades muito variadas, como exposições; workshops; encenações; um concerto pela Banda da Armada; palestras e o seminário “Valorização Sustentável dos Recursos do Mar – Oportunidades da Economia Azul para a Região de Setúbal”.

Neste seminário, foram marcantes algumas ideias da Presidente do CA da APSS, Lídia Sequeira, que, partindo da identificação de um paradigma que se baseia no aproveitamento dos recursos de Portugal, que considera “uma plataforma logística global”, salientou a importância da transversalidade das numerosas atividades ligadas ao Mar, uma realidade particularmente evidente no Porto de Setúbal, um porto que classifica como possuidor de “características fundamentais para desempenhar papel essencial, que o distingue dos outros portos nacionais”, ideia justificada, quer pela sua localização próxima a grandes indústrias exportadoras e ao centro de consumo da região de Lisboa, um dos maiores da Península Ibérica e o maior do país, quer pela boa convivência com a cidade e com o estuário do Sado, que resulta num ganho de vantagens e sinergias recíprocas.

Milhares visitaram embarcações

Durante toda a semana, o terrapleno do Cais 2 recebeu a reedição da iniciativa “Veleiros ao Luar”, com música e stands institucionais e quiosques de street food.

Como atração principal para os milhares de setubalenses e visitantes, estiveram presentes no Cais 2 do Porto de Setúbal, para visitas escolares e públicas, os veleiros NRP Sagres, que recebeu 10 mil visitantes, NTM Creoula, 6 mil visitantes, e caravela Vera Cruz, 3,5 mil visitantes, uma Lancha de fiscalização Rápida, que proporcionou 300 Batismos de Mar, igualmente, foram realizados Passeios no Sado em embarcações tradicionais de Setúbal, com cerca de 500 participantes, e a Regata Dia Mundial do Mar. No domingo [16 de outubro] teve lugar o desfile náutico final com todas as embarcações presentes no evento e embarcações particulares.