O Dia Municipal do Bombeiro, 21 de maio, iniciou com o hastear das bandeiras nos quartéis dos Bombeiros Voluntários do Barreiro – Corpo de Salvação Pública e dos Bombeiros Voluntários de Sul e Sueste

Seguiu-se a Cerimónia Protocolar de entrega de condecorações por elementos dos executivos da Assembleia Municipal e Câmara Municipal do Barreiro a 28 «Soldados da Paz», das duas corporações de bombeiros do Concelho, no Largo do Mercado 1º de Maio.

Reconhecendo o valor do seu voluntariado, exercido com empenho ao serviço da Comunidade, pelo comportamento exemplar e o enorme zelo no serviço prestado a todos os barreirenses, foram atribuídas as Medalhas de Bons Serviços e Dedicação, 10 anos, 20 anos (grau Bronze) e de 30 anos de serviço (grau Prata).

Na Cerimónia, Carlos Humberto de Carvalho enalteceu o “imenso empenho e dedicação dos bombeiros, direções e comandos para responder aos problemas do Concelho, tendo em conta a existência de empresas com perigosidade, e tendo presente a importante zona florestal da Mata da Machada, que obriga a uma permanente atenção, nos períodos mais quentes”.

Sublinhou a “excelente” relação entre as duas corporações e entre elas e o Município do Barreiro. “Só com a cooperação e a junção dos saberes de cada uma das corporações e o serviço de Protecção Civil, estamos em condições de responder aos desafios do futuro”.

Na sua opinião o esforço das corporações tem sido “positivo”, no sentido de preparar cada um dos seus elementos na intervenção numa sociedade em que, cada vez, é mais exigente o trabalho dos bombeiros.

Preparar o futuro

Em relação ao futuro, considera que este tem de ser acautelado. “É preciso prepararmo-nos para o aí vem. É preciso estarmos muito atentos quanto às alterações climáticas e o que estas irão trazer ao mundo, à Europa, ao País e ao Barreiro, como por exemplo a subida do nível da água do mar, ou como nos devemos preparar para termos cá um Terminal de Contentores”.

Carlos Humberto de Carvalho defende que é preciso articular as corporações de bombeiros com os serviços municipais e com os equipamentos nacionais de saúde. Neste sentido, o Município está a promover o “Congresso Barreiro 2030”, que irá abordar o tema da Proteção Civil.

Finalizou apelando para o aumento do investimento do Estado nos Bombeiros e na Proteção Civil. “É preciso darmos melhores condições às corporações de bombeiros, na formação, nos equipamentos de proteção pessoal, e nos equipamentos de combate aos incêndios e catástrofes”.

Por seu lado, José Figueiredo, Comandante dos Bombeiros Voluntários do Barreiro – Corpo de Salvação Pública, dedicou esteDia às famílias dos bombeiros, pois “a única certeza que têm é que, durante 24 horas por dia e 365 dias por ano, podem ficar sozinhas sem os seus entes queridos”.

Fez referência à estatística para destacar que os dois corpos ativos de bombeiros do Barreiro garantem um efetivo de 250bombeiros voluntários, o que equivale 1 bombeiro para 315 habitantes. “Tendo em consideração que 25% da população têm idade superior a 64 anos e 55% tem idade entre 25 e os 54, e o facto de não existir apoio ao sistema de saúde, podemos perspetivar um futuro com muitas ocorrências para as quais os bombeiros têm de estar preparados”.

Lamentou o facto de os seguros continuarem a não garantir a totalidade dos cuidados hospitalares em caso de acidente grave dos bombeiros, existindo um “tratamento grave de desigualdade entre bombeiros profissionais e voluntários”.

O Comandante desejou a todos os bombeiros uma boa época no combate aos incêndios e que sejam guiados por uma única regra: “podemos ir, mas voltamos todos”.

Acácio Coelho, Comandante dos Bombeiros Voluntários do Sul e Sueste, fez um balanço do último ano, no qual foi realizado um “esforço para dotar o Corpo Ativo com equipamento de proteção individual para incêndios estruturais”.

Por outro lado, a Corporação continua a apostar na formação para responder a um número, cada vez maior, de solicitações da população barreirense e concelhos limítrofes.

Segundo o Comandante, a Corporação conseguiu, nos últimos três anos, promover 30 bombeiros, estando mais 10 em formação, uma média que considera “excelente”.

Encerrou a intervenção felicitando o Comandante José Figueiredo por ter realizado um esforço para manter o corpo ativo e enaltecendo todos os familiares dos bombeiros, bem como as relações existentes entre as corporações e a Câmara Municipal, através do serviço de Proteção Civil.

As comemorações finalizaram com o desfile dos meios motorizados e da formatura que percorreu a Avenida Alfredo da Silva, a Rua Miguel Bombarda, até aos Paços do Concelho e um almoço-convívio no quartel dos Bombeiros Voluntários do Sul e Sueste.

Em Reunião Pública de Câmara realizada a 18 de maio, foi aprovada, por unanimidade, a deliberação com a lista dos nomes dos 28 bombeiros das duas corporações do Bombeiros do Barreiro.


Lista de Bombeiros Condecorados


Bombeiros Voluntários do Sul e Sueste

Medalha de Bons Serviços e Dedicação – 10 Anos

Bombeiro de 2.ª Sara Sarmento Guinot;

Bombeiro de 2.ª Nádia Filipa Salvador Conceição;

Bombeiro de 2.ª Paulo Roberto dos Santos Vasques.

 


Medalha de Bons Serviços e Dedicação – Grau Bronze – 20 Anos

Adjunto de Comando Bruno Miguel Martins Loureiro;

Subchefe Adolfo Aires Silva Silveira;

Subchefe Nuno Miguel Ferraz Pontinha;

Subchefe Nuno Miguel Viegas Machado;

Bombeiro de 1.ª Fernando Sérgio Lopes Bento;

Bombeiro de 1.ª António Carlos Rodrigues Palma;

Bombeiro de 1.ª Paulo Jorge Pepe Quintos;

Bombeiro de 1.ª Hugo José Martins Raimundo;

Bombeiro de 1.ª Daniel Filipe Assunção Batista;

Bombeiro de 2.ª Eusinio Manuel Neto dos Santos;

Bombeiro de 2.ª João Carlos Pereira Viegas Silva

Bombeiro de 2.ª Nuno Miguel Amaral Oliveira;

Bombeiro de 3.ª Fernando José Ferreira Alves Dos Santos;

Bombeiro de 3.ª Paulo Jorge Moreira Torres.


Medalha de Bons Serviços e Dedicação – Grau Prata – 30 Anos

Chefe Arlindo Rodrigues da Silva;

Bombeiro de 1.ª Arnaldo Sobral de Brito Moreira;

Bombeiro de 1.ª Vítor Manuel Ferreira dos Santos;

Bombeiro de 2.ª Paulo Jorge Albuquerque Rodrigues.


Bombeiros Voluntários do Barreiro – Corpo de Salvação Pública

Medalha de Bons Serviços e Dedicação – 10 Anos

Bombeiro de 2ª Ana Isabel Silva Tavares

Bombeiro de 2ª Humberto Jorge Flausino Solposto

Bombeiro de 2ª Dina Claudia Da Silva Lopes Ferreira


Medalha de Bons Serviços e Dedicação – Grau Bronze – 20 Anos

Subchefe Armando Manuel Cerqueira Gomes


Medalha de Bons Serviços e Dedicação – Grau Prata – 30 Anos

Subchefe Paulo Alexandre Pires Figueiredo

Bombeiro de 1ª José Rodrigo Pato Inverno

Bombeiro de 3ª Paulo Renato Lopes

CMB 2016-05-23