O Governo diz ter garantias da Volkswagen de que o investimento de quase 700 milhões de euros, na Autoeuropa, em Palmela, não será afectado pelos cortes nos investimentos anunciados pelo grupo alemão, disse na sexta-feira o Ministério da Economia em comunicado.

“O presidente da marca assegurou que o investimento de 677 milhões de euros em Portugal segue como previsto, não tendo sido minimamente afectado pelo plano de cortes nos investimentos anunciado pela Volkswagen”, refere o comunicado do Ministério da Economia, emitido após uma reunião por telefone com responsáveis da marca alemã.

Nessa teleconferência participaram Herbert Diess, membro da administração da Volkswagen e responsável da marca para as viaturas ligeiras de passageiros, o presidente da Autoeuropa, António Melo Pires, o ministro da Economia, Pires de Lima, e o secretário de Estado Pedro Gonçalves.

De acordo com o Governo, o investimento já está a ser concretizado, na fábrica em Palmela, e “a nova unidade de produção entrará em laboração até 2018 com um nível de actividade previsivelmente igual ou superior ao que foi contratualizado com a AICEP [Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal]”.