Após dois dias de folga, o plantel treinado por Quim Machado regressou ontem de manhã ao Estádio do Bonfim para retomar a preparação do embate de domingo, 15 horas, frente ao Casa Pia. Alheios ao imbróglio existente entre a Câmara Municipal e a direcção do clube, a equipa está apenas focada na partida da 4.ª eliminatória da Taça de Portugal, que terá lugar no Estádio Pina Manique, em Lisboa.

Com a o jogo a realizar-se dois dias depois de o emblema setubalense celebrar o 105.º aniversário, os jogadores e a equipa técnica pretender oferecer a passagem à próxima fase da competição como presente aos adeptos, que deverão marcar presença em bom número no jogo de domingo. Segundo informações recolhidas junto da Gestão de Sócios do Bonfim, a venda de bilhetes – num total de 650 disponibilizados – decorre a bom ritmo, sendo expectável que todos sejam vendidos até ao final da semana.

Na sessão matinal, a única da semana realizada à porta aberta, Quim Machado não contou com a presença do defesa Rúben Semedo, que se encontra ao serviço da selecção nacional de sub-21 (hoje defrontam Israel), nem do avançado Suk, jogador que está integrado nos trabalhos da selecção A da Coreia do Sul. Devido ao desgaste causado pelas viagens a que está a ser sujeito, Suk, que só é esperado em Setúbal na quinta-feira, poderá ser poupado pelo técnico na partida com os casapianos.

Quem não tem sido poupado nos treinos dos seniores é o júnior Gonçalo Duarte. Tal como tem acontecido nas últimas semanas, o defesa voltou ontem a trabalhar com a equipa principal. O jovem lateral direito, de 18 anos, que passou pelos escalões de formação do Barreirense antes de chegar ao Bonfim, tem deixado boas impressões tanto aos treinadores como aos jogadores mais velhos.

Hoje, 9h30, os sadinos, que na ronda anterior da Taça de Portugal afastaram o Coruchense (0-2), emblema que tal como o Casa Pia milita no Campeonato Nacional de Seniores, continuam, no Estádio do Bonfim, a ultimar a estratégia a colocar em prática no domingo frente aos lisboetas.