O Estádio do Bonfim é amanhã, a partir das 10 horas, palco de um jogo de preparação entre o Vitória e o Oriental, da II Liga. Frente aos lisboetas, que ocupam a penúltima posição (23.º lugar) da prova, o treinador Quim Machado vai aproveitar para dar ritmo de competição a alguns dos atletas menos utilizados na presente temporada.

Ausências certas no confronto com o emblema de Marvila, que na época anterior afastou os setubalenses da Taça de Portugal, serão as do defesa Miguel Lourenço, que recupera de entorse na tíbiotársica direita, e do avançado Suk, que se encontra ao serviço da selecção A da Coreia do Sul.

Quem também não deverá ser opção é o médio Paulo Tavares e o avançado André Claro, atletas que continuam sob vigilância do departamento médico. Tal como aconteceu nos dois dias anteriores, ambos, por se encontrarem a recuperar de problemas musculares, voltaram ontem a não participar no treino de conjunto às ordens de Quim Machado.

O teste com o Oriental servirá também para o timoneiro dos sadinos colocar em prática algumas das ideias que tem passado para os jogadores nos últimos dias. Aproveitando a não realização de partidas oficiais, devido aos compromissos das selecções, o técnico está já a preparar a estratégia que vai utilizar no próximo dia 18 no duelo da Taça de Portugal no reduto do Coruchense.

A visita ao reduto do clube ribatejano será a primeira – e a mais curta – de três deslocações que os sadinos vão fazer no espaço de uma semana. Depois do confronto em Coruche, o plantel liderado por Quim Machado fará duas deslocações a Moreira de Cónegos. A 21 de Outubro (16 horas) o jogo será a contar para a Taça da Liga e no dia 25, à mesma hora, o Vitória mede forças com o Moreirense em partida da 8.ª jornada do campeonato.