Iniciativa vai realizar-se, em simultâneo, em Alcácer do Sal e Grândola e conta com o apoio das autarquias de ambos os concelhos

A Comissão de Utentes do IC1 de Alcácer do Sal e Grândola anunciou que irá realizar mais uma marcha lenta automóvel, a ter lugar no próximo dia 25. A iniciativa será iniciada pelas 17h00 em Alcácer do Sal, junto à Praça de Toiros, e em Grândola, junto ao recinto da Feira, em simultâneo. Será feito o percurso da N120 que liga os dois concelhos com posterior concentração dos Utentes, junto ao Monumento Comemorativo do 25 de Abril em Grândola.

“Como forma de luta pela exigência imediata de uma infra-estrutura rodoviária com condições de circulação em plena segurança e pelo cumprimento da Resolução Aprovada por unanimidade (PSD, PS, CDS, BE, PCP, PEV e PAN) na Assembleia da República, a exigir ao Governo a urgente reparação do IC1, a Comissão de Utentes do IC1 de Alcácer do Sal e Grândola decidiu marcar a iniciativa de marcha lenta automóvel”, explica a Comissão de Utentes em comunicado enviado ao DIÁRIO DA REGIÃO.

No documento, a comissão reforça que os utentes “exigem a reparação imediata das EN5 e EN120 do IC1, que liga os municípios de Alcácer do Sal e Grândola”. “Quantas mais mortes serão necessárias para arranjarem esta estrada, questionam os milhares de utentes que diariamente circulam numa infra-estrutura rodoviária que apresenta um estado de elevada degradação e insegurança que promove e tem promovido milhares de acidentes, muitos deles de forma trágica”, revela o comunicado, que responsabiliza e critica a tutela. “A inércia e indiferença dos diversos responsáveis dos diferentes Governos legislativos pelos utentes e munícipes dos dois concelhos, consentiu o aumento registado do número de vítimas mortais.”

A iniciativa conta com apoio das câmaras municipais de Alcácer do Sal e Grândola, das Uniões de Freguesia e Juntas de Freguesia dos dois concelhos.