Além da aposta em Portugal, a estratégia passa, sobretudo, por implantações em Paris e Bruxelas Tróia é um dos locais de Portugal, onde o grupo Pestana espera abrir até 2017 quatro novos hotéis. O investimento na unidade hoteleira em Tróia – os outros serão efectuados em São Miguel, Funchal e Lisboa – representar a última fase do “resort”projectado pelo grupo para a região.

Até 2019, o grupo empresarial anunciou que irá abrir dez hotéis – nos quais se incluem as quatro unidades acima referidas – num investimento médio anual entre os 35 e os 45 milhões de euros, o que significa um acréscimo de cerca de mil quartos no portefólio do grupo hoteleiro.

Num encontro com jornalistas, em Lisboa, José Roquette, administrador do grupo, revelou que dos 10 projectos que estão em desenvolvimento seis são internacionais. “Queremos reforçar muito a nossa presença na Europa e na América do Norte, que vai dominar muito os objectivos de investimento do grupo nos próximos anos”, disse José Roquette, referindo que entre os novos 10 hotéis estão projectos em Madrid, Amesterdão e Nova Iorque.

A Europa representou 10% das receitas do grupo e a América do Norte 2% em 2014, mercados que deverão ter o maior crescimento nos próximos anos: “Daqui por 20 anos teremos um gráfico muito diferente, com a América do Norte a Europa com um peso muito diferente”. “A Europa está toda por fazer”, realçou o administrador do grupo Pestana, sublinhando que hoje o hotel que o grupo tem em Londres tem estado entre os que têm tido rentabilidade mais elevada.

O grupo Pestana quer entrar em cidades como Paris e Bruxelas e reforçar a presença em Inglaterra e na Alemanha. Agora, “foi dado um dos passos que mais obcecava o grupo”, que era a entrada em Madrid, Espanha, com um hotel na principal praça da capital espanhola, num edifício histórico da Praça Maior (Plaza Mayor).

Entre os projectos internacionais na Europa está também um hotel de cinco estrelas num edifício histórico em Amesterdão. Os planos de expansão internacional até 2019 contemplam ainda novos hotéis em Marraqueche, Nova Iorque, Montevideu e Rio de Janeiro, concluiu Roquette.

Com 42 anos de existência, o grupo Pestana conta com 86 hotéis em 16 países e três continentes, sendo líder de mercado em Portugal, 7.º na Península Ibérica, e 25.º na Europa.