A autarquia vai colocar cerca de 700 garrafas nas águas do Porto de Recreio. Evento visa ainda constituir-se como acção anual promotora dos vinhos produzidos na sub-região

Com o intuito de promover a realização da Regata dos Grandes Veleiros, que passará por Sines entre 28 de Abril e 1 de Maio de 2017, a Câmara Municipal vai envelhecer cerca de 700 garrafas de vinho no fundo do mar. Esta iniciativa, que resulta de um protocolo celebrado no dia 27 de Julho entre a Câmara Municipal de Sines e a Associação de Produtores de Vinho da Costa Alentejana (APVCA), terá lugar no próximo dia 16, a partir das 10h30, no Porto de Recreio sineense.

Vão ser colocadas no mar cerca de 700 garrafas de vinho dos produtores daquela sub-região. Além do “pretexto imediato” desta iniciativa passar pela promoção da realização da Regata dos Grandes Veleiros, a autarquia revela ainda que existe uma outra meta essencial associada a esta acção. “O objectivo, no entanto, é que passe a constituir um evento anual, destinado à promoção dos vinhos da Costa Alentejana, associada à promoção de Sines como um destino turístico que acrescenta aos seus variados produtos turísticos mais este produto, celebrando a qualidade dos vinhos da Costa Alentejana com uma experiência de ‘pousio’ no fundo do mar.”

Nesta primeira experiência, pretende a Câmara Municipal de Sines, com a colaboração dos produtores da APVCA, que oferecem os vinhos, e do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), que construiu os “cestos” para a colocação do vinho no mar, “criar um presente original para oferecer às tripulações dos grandes veleiros que aportarão em Sines em 2017”.

O evento contará com intervenções do representante da APVCA, do presidente da Turismo do Alentejo e Ribatejo e do presidente da Câmara Municipal de Sines. Após as intervenções, está prevista uma degustação dos vinhos da mesma produção dos que serão colocados no mar.