O município de Sines comemora, amanhã, 24 de Novembro, 653 anos. Foi neste dia, em 1362, que Sines foi elevada a vila, por D. Pedro I. A entrega de medalhas de mérito municipal, um concerto pelo pianista Júlio Resende e a estreia do novo espectáculo do Teatro do Mar são três destaques do programa de comemorações, anunciou a autarquia.
A programação do assinalar da data já arrancou, porém, no passado dia 19, com o seminário “Indústria, Património e Cultura”, organizado pelo COMSINES – Conselho das Comunidades de Sines –, no auditório do Centro de Artes de Sines.
Hoje, 23, tem início a exposição de painéis alusivos ao Dia do Município patente no ATL “A Gaivota”, uma organização da Junta de Freguesia de Sines. Pelas 21h30, no Centro de Artes, a Banda Filarmónica da SMURSS dá um mini-concerto e atelier com alguns dos seus músicos, para o público em geral.
O Dia do Município, amanhã, será então assinalado com as iniciativas protocolares, nos Paços do Concelho: às 10h00, hastear da bandeira, e, às 11h00, Sessão Solene da Assembleia Municipal de Sines. Às 12h00, são entregues medalhas de mérito municipal.
“No âmbito das comemorações do Dia do Município, mas também do 10.º aniversário do Centro de Artes, realizam-se três actividades no centro: às 10h00, música e vocalizes para bebés até 1 ano; às 16h00, arte contemporânea para bebés de 1 a 3 anos; e, às 17h00, Chá com Contos para famílias. As iniciativas para bebés requerem marcação (tel. 269 860 080)”, refere a autarquia. Às 17h00, ainda no Centro de Artes, o Arquivo Municipal inaugura a exposição “Mosaico das Memórias de Sines” e, às 18h00, o pianista Júlio Resende, que se tem notabilizado por trazer o cancioneiro do fado para o piano, apresenta-se em concerto (bilhete 8 euros).