O Serviço de Radioterapia do Centro Hospitalar Barreiro Montijo já iniciou o tratamento de Radioterapia de Intensidade Modulada (IMRT), passando a dispor de mais uma técnica especial que se vem juntar à já existente Radioterapia Estereotaxia Corporal (SBRT).

“Esta técnica consiste na modulação de intensidade de irradiação, de forma a ter diferentes intensidades de feixe no mesmo campo de tratamento. É possível com esta técnica integrar as diferentes fases de um tratamento numa só, diminuindo o número de dias de tratamento, o que se conhece como Radioterapia de Intensidade Modulada com Boost Integrado (IMRT-SIB)”, refere o centro hospitalar em comunicado.

A técnica de IMRT permite maior conformação de dose à obtida com técnica de Radioterapia 3D atualmente existente no serviço, nomeadamente em volumes-alvo côncavos ou com outros formatos de maior complexidade, possibilitando a limitação de dose de radiação aos tecidos sãos adjacentes, ao volume de tratamento e permitindo uma escalada de dose no tumor.

“Trata-se de uma técnica complexa e de elevada precisão, que requer um elevado controlo de qualidade ao longo das diferentes etapas até ao tratamento do doente”, acrescenta.

As principais indicações de IMRT são para tumores próximos de estruturas de risco com dose de tolerância comprometida, volumes de tratamento complexos e re-irradiações.