O Secretário de Estado do Desporto e Juventude, Emídio Guerreiro, marcou presença, na passada quarta-feira, em vários concelhos do distrito de Setúbal, no âmbito da iniciativa “Roteiro do Associativismo”. O encontro teve início na sede do Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPDJ), em Setúbal, com uma conferência de imprensa onde o representante do Governo salientou a importância do projeto ligado ao associativismo jovem no combate ao desemprego e falou sobre a cedência do espaço do IPDJ ao município de Setúbal.

Secretário de Estado da Juventude_visita Setúbal

A conferência de imprensa realizada na sede do IPDJ, em Setúbal, marcou o arranque do Roteiro do Associativismo no distrito. Emídio Guerreiro, Secretário de Estado do Desporto e Juventude, começou por afirmar um dos principais objetivos do projeto que pretende valorizar o papel das associações juvenis. “Hoje afirmo que, nestes últimos anos difíceis, foi determinante o papel que as associações juvenis tiveram nas suas comunidades. Encontrámos centenas de dirigentes jovens que, ao longo destes três anos, nunca desistiram. Criaram parcerias e soluções, propuseram ações e concretizaram-nas, dando um excelente exemplo ao país. Este exemplo deve ser reconhecido e valorizado”.

Por outro lado, afirmou o Secretário de Estado, este é também um momento de prestação de contas. Emídio Guerreiro recordou que o atual Governo tem vindo a aumentar simbolicamente o apoio financeiro às associações juvenis, relançando um conjunto de programas para o movimento associativo juvenil, como o “campos internacionais” e o “férias em movimento”.

Salientando o papel que associações têm na dinamização do tecido económico local, o secretário de Estado sublinhou ainda a importância do programa Incentivo ao Desenvolvimento Local (IDL), no âmbito do programa Garantia Jovem. “Este programa cobre quase na totalidade, aquilo que são os custos das associações juvenis. Ou seja, as associações podem ter estagiários profissionais a um custo muito reduzido, o que lhes permite desenvolver novas linhas de ação e contribuir para a própria autossustentabilidade da associação”, explicou Emídio Guerreiro, adiantando que, através da linha verde entre o IPDJ e o centro de emprego, “estão previstos de 135 a 150 estágios nestas associações juvenis”.

 A situação da pousadas da juventude, que têm vindo a baixar a taxa de ocupação, à exceção do ano 2014, foi outro dos assuntos destacados pelo Secretário de Estado que revelou a alternativa encontrada para combater este problema. “Quando este Governo aqui chegou encontrou 17 milhões de euros de passivo. Apesar de todos os esforços já feitos, entendemos que a situação mudou e que o Estado não tem que ser hoteleiro por excelência. E, por isso, vamos avançar para o processo de concessão da gestão das pousadas. Não se trata de privatizar. Trata-se de encontrar parceiros à altura dos desafios e disponíveis para fazer o investimento nas pousadas que o Estado não pode fazer neste momento”.

O Secretário de Estado falou ainda dos desafios que o Governo tem pela frente na área do associativismo jovem, frisando como principal preocupação, e aposta, o combate ao desemprego. “Existe um número significativo de jovens que não estuda, não trabalha, nem está em formação. O principal objetivo da rede Garantia jovem é em quatro meses arranjar uma resposta para estas situações”, afirmou Emídio Guerreiro, chamando a atenção para o contributo que as associações juvenis podem dar. “Temos financiamento para, ainda em 2015, encontrarmos mais umas dezenas de milhares de respostas para os jovens. Lançamos o desafio às associações juvenis, os nossos parceiros privilegiados, para nos ajudarem a identificar os jovens que não estão no sistema”.

Apesar do flagelo do desemprego, o Secretário de Estado mostra-se satisfeito com o resultado das políticas implementadas nestes últimos anos três anos. “Mais de 200 mil jovens estão envolvidos nestes programas, 35 mil jovens estão colocados diretamente no mercado de trabalho. Nos estágios de longa duração, de 9 a 12 meses, verificamos que a taxa de empregabilidade é cerca de 70 por cento”.

Dentro de poucas semanas o município de Setúbal vai ser a entidade gestora do espaço da Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPDJ), localizado no Largo José Afonso. Esta foi uma das revelações feitas pelo Secretário de Estado, Emídio Guerreiro, no momento que deu início ao Roteiro do Associativismo pelo distrito de Setúbal. “É altura de dar uma nova dinâmica e funcionalidade a este espaço. Através de uma parceria com os municípios vamos ter centros integrados de juventude e estes espaços vão deixar de ser exclusivos do IPDJ para passarem a ser espaços municipais e nacionais, de resposta àquilo que são as necessidades e os anseios da juventude local”.

Neste sentido, avançou o Secretário de Estado, está já a ser protocolado o processo de cedência de todo o espaço para a câmara municipal “que vai trazer para cá todos os seus serviços de desporto e juventude, e onde vão ficar também a funcionar os serviços do IPDJ”. A pousada da juventude também vai ser reabilitada e “devolvida aos jovens setubalenses”.

Presente no encontro esteve a presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira, que elogiou a postura do atual Governo. “É com muito agrado que assistimos a esta postura totalmente diferente por parte deste Governo, nomeadamente, no que diz respeito à política com a juventude”.

“Antes havia uma obrigatoriedade, só participava nas ações e nos programas quem estivesse inscrito formalmente. Sempre nos opusemos porque a maior parte do movimento juvenil é informal”, salientou Maria das Dores Meira, enaltecendo a nova visão por parte dos governantes. “É importante que se abram as portas. Esta casa deve ser de todos, de toda a juventude que queira participar de forma formal, ou informal”.

Maria das Dores Meira agradeceu ainda a decisão do Governo em ceder o espaço do IPDJ ao município. “A câmara municipal deve ser a entidade gestora deste espaço, que é de todos e que deve ser de usufruto de todos”.

O ato formal da cedência da sede do IPDJ, em Setúbal, para o município vai acontecer dentro de poucas semanas, garantiu o Secretário de Estado. Depois do encontro na sede do IPDJ, em Setúbal, o Secretário de Estado do Desporto e Juventude e a sua comitiva visitaram várias associações juvenis dos concelhos de Setúbal, Almada, Montijo e Sesimbra.