O presidente do PSD Barreiro, Bruno Vitorino, quer saber quanto é que a Câmara Municipal gastou na publicidade às festas da cidade, bem como o valor despendido no habitual fogo de artificio.

O social-democrata diz que os barreirenses têm o direito de saber quanto é que a autarquia gastou em anúncios nos diferentes meios de comunicação social e no fogo de artifício de encerramento das festas, num município em que “o espaço público está degradado, as paredes grafitadas, os mercados municipais a definhar e os cemitérios ao abandono”.

“Queremos saber quais as prioridades da Câmara Municipal. É para isto que querem que os barreirenses paguem tanto de Imposto Municipal de Imóveis”, questiona.

Bruno Vitorino deixa ainda uma sugestão. “Não seria melhor empregue esta verba no apoio aos bombeiros da nossa terra? Não seria um bom exemplo prescindir durante um ou 2 anos de fogo de artifício, para equipar melhor as duas corporações de bombeiros do Barreiro?”