O presidente do Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana (IHRU), Victor Reis, apresentou na quarta-feira o programa Reabilitar para Arrendar aos provedores das Santas Casas da Misericórdia do distrito de Setúbal e respectivos técnicos ligados ao património imobiliário.

Segundo explicou Victor Reis, o programa de reabilitação urbana e arrendamento visa criar condições para que seja possível, através dos financiamentos, “a reabilitação de edifícios que estão degradados e que sejam destinados para arrendamento”, com rendas “acessíveis para a generalidade da classe média”.

O programa do Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana, com uma dotação inicial 50 milhões de euros, prevê uma taxa de juro fixa que “permite acompanhar os valores das rendas condicionadas, os quais também são constantes”, e empréstimos amortizáveis em 15 anos. Tais condições resultam de um trabalho conjunto desenvolvido ao longo dos últimos quatro anos entre o IHRU, o Banco Europeu de Investimento e o Banco de Desenvolvimento do Conselho da Europa.

Na apresentação, que decorreu na Santa Casa da Misericórdia de Setúbal, Victor Reis manifestou a expectativa de que as instituições do distrito de Setúbal pudessem tornar-se parceiras do programa de reabilitação urbana e arrendamento.