A obra de recuperação do Polidesportivo do Centro Social de S. Pedro, no Afonsoeiro, Montijo, foi inaugurada no passado dia 18. O equipamento, inaugurado em 1999 pelo Centro Social de São Pedro e que estava devoluto, foi agora totalmente recuperado, desde o pavimento, às estruturas, como os balneários, tendo sido sujeito também a pinturas interiores e exteriores, numa empreitada que ascendeu a 39.421,50 euros, financiada pelo Contrato Local de Desenvolvimento Social + (CLDS +), Roda Livre.

Polidesportivo do Centro Social de S. Pedro_MontijoDepois de um jogo de futebol infantil, disputado entre os jovens do projeto Roda Livre e o Estrela Futebol Clube Afonsoeirense, para assinalar a ocasião, seguiu-se a realização de um almoço comunitário aberto à população. Catarina Marcelino, presidente do Centro Social de São Pedro, afirmou que o equipamento agora recuperado é, aos olhos da instituição, “um espaço da comunidade”, razão pela qual vai “assinar um protocolo com o Estrela Futebol Clube” para que este clube possa utilizar o espaço para treinar.

Ao mesmo tempo, garantiu que está também em agenda estabelecer um outro protocolo com a Escola Profissional, para a utilização do espaço. “No âmbito do projeto CLDS +, 120 crianças do Afonsoeiro, do Esteval e de Pegões desenvolveram várias atividades, 100 famílias foram envolvidas em ações de formação parental e de alfabetização informal, 1200 pessoas foram atendidas no âmbito da formação e procura de emprego”, enumerou, a presidente do Centro Social de S. Pedro, em jeito de balanço.

Já Nuno Canta, presidente da Câmara Municipal do Montijo, classificou a reabertura das portas do polidesportivo como “um fator muito importante de desenvolvimento da comunidade do Afonsoeiro”. “Um elemento de proximidade, um projeto que tem uma grande irradiação para a população, porque permite que pessoas de todas as classes sociais possam confraternizar e desenvolver laços de amizade”, sustentou.

O autarca recordou ainda que a câmara tem desenvolvido esforços no sentido de melhorar as infra-estruturas desportivas em todo o concelho. “Hoje a cidade do Montijo é mais qualificada e tem infra-estruturas desportivas mais próximas da população”, concluiu.