A Papelaria Bruno’s, nas Paivas, concelho do Seixal, bem podia mudar o nome para casa da sorte, já que em menos de um mês vendeu duas raspadinhas que renderam 120 mil euros a dois clientes. O mais recente contemplado com a “lotaria” foi um homem, com cerca de 30 anos, que investiu cinco euros numa raspadinha, acabando contemplado com um prémio de cem mil.

Em declarações ao Correio da Manhã, a proprietária do espaço comercial, Paula Cristina Pais, 47 anos, mostrou-se satisfeita pela venda da raspadinha Feliz Natal. “É sempre bom dar um prémio destes. Acho que foi bem entregue. O senhor tem três filhos pequenos”, revelou Paula Cristina ao Correio da Manhã. A raspadinha foi comprada no sábado, acrescentou, lembrando que o vencedor mostrou-se apático e surpreso quando ficou a saber que havia sido premiado. Duas semanas antes, a Papelaria Bruno’s já havia vendido outro bilhete premiado, uma outra raspadinha que valeu 20 mil euros ao apostador.