No encerramento do Fórum Turismo 2015, o vereador do Desenvolvimento Económico e Turismo, Luís Calha, apontou como objectivo do município “posicionar Palmela como destino de Turismo Cultural”.
Neste âmbito, destacou “cinco grandes linhas de acção” nas quais a autarquia está a trabalhar: o projecto Almenara, uma parceria com o município de Lisboa que está a ser construída através de um programa integrado de desenvolvimento local que vai ligar os dois castelos; o Praarrábida, um programa de valorização e promoção do património histórico, cultural e natural da Arrábida, iniciativa dos municípios de Palmela, Setúbal e Sesimbra, que foi aprovado no âmbito do Portugal 2020 e contém 16 acções; os programas municipais de desenvolvimento da música, da dança, do teatro e das artes visuais, que serão revistos em breve; o programa museológico municipal, documento orientador que merecerá também a atenção do município, no sentido de “qualificar a sua intervenção e abraçar novos e ainda mais exigentes desafios”; e a concretização da Área de Reabilitação Urbana do Centro Histórico de Palmela, que conhecerá também o seu desenvolvimento com várias acções e incentivos ao investimento.
Luís Calha salientou que, em 2009, foi dado “início a um novo ciclo” para o turismo em Palmela. A conquista da distinção de Cidade Europeia do Vinho 2012, o lançamento da  Campanha Promocional “Palmela Conquista”, a cooperação intermunicipal com Setúbal e Sesimbra, em torno do produto Castelos e Fortalezas da Arrábida ou o acordo com o município de Silves “são apenas alguns exemplos de linhas de trabalho que fizeram de Palmela o concelho que mais cresceu na procura e na oferta turística, na região de Setúbal, desde o ano de 2009, segundo o Plano Estratégico da Entidade Regional de Turismo de Lisboa”, congratulou-se.
“Nos últimos anos, somámos parcerias com muitos agentes turísticos. Tornámos essas parcerias sólidas e evolutivas”, realçou o vereador, afirmando hoje, “com toda a segurança, que a aposta do município e dos seus parceiros é uma aposta ganha”.