A Praça da República, em Montijo, vai voltar a servir de “palco” à realização de mais um Presépio Vivo. A iniciativa, inserida na programação “Natal com Arte no Montijo”, está agendada para este fim-de-semana (sábado e domingo) e, segundo a Câmara Municipal, visa “recriar um ambiente semelhante ao vivido na época do nascimento de Jesus”.

“À semelhança de anos anteriores, a 3.ª edição do Presépio Vivo, organizado pelo Agrupamento 72 do Montijo – Corpo Nacional de Escutas, com o apoio da Câmara Municipal do Montijo, vai recriar quatro cenas sobre o nascimento de Jesus: a anunciação do Anjo; a chegada a Belém de Maria e José; a adoração dos pastores ao Menino Jesus; e a adoração dos Reis Magos ao Menino Jesus”, explica a autarquia.

Assim, já amanhã, a partir das 10h00, o cortejo de participantes irá sair do Cinema Teatro Joaquim d’ Almeida em direcção à Praça da República para a recriação da anunciação do Anjo. Pelas 16h30, “um novo cortejo sairá do mesmo local e com o mesmo destino para a recriação da chegada de Maria e José”.

No dia seguinte, domingo, “os cortejos têm saída às 10h00 e às 15h30 da Avenida dos Pescadores em direcção à Praça da República”, sendo que, pela manhã, “os figurantes irão recriar a adoração dos pastores ao Menino Jesus” e, à tarde, “a adoração dos Reis Magos ao Menino Jesus”.

Vertente solidária

Com o objectivo de encenar um ambiente típico, os participantes no Presépio Vivo “estarão trajados a rigor, haverá animais para recriar o local do nascimento de Jesus, uma taberna, bancas de venda de produtos, entre outros”, salienta a autarquia. As actuações musicais e a animação de rua estarão a cargo dos escuteiros.

O Presépio Vivo “tem também uma vertente solidária”, lembra o município. “Durante o evento, a Clã XIX irá fazer uma recolha de brinquedos para as crianças do Centro Social São Pedro do Afonsoeiro, que acolhe desde bebés até crianças com dez anos.”

Este ano, indica ainda a edilidade, irá juntar-se ao Presépio Vivo “um Mercadito de Natal promovido pelo comércio da baixa do Montijo e por artesãos locais”. No domingo, entre as 10h00 e as 17h00, na Praça da República, estarão expostas peças de artesanato, produtos alimentares tradicionais, vestuário e acessórios de moda, entre outros produtos de qualidade.