O treinador José Couceiro já elegeu os jogadores que este ano vão envergar a braçadeira de capitão do Vitória. Com as saídas de Paulo Tavares e Dani, esta temporada serão quatro os homens responsáveis por liderar a equipa dentro de campo, sendo que a novidade no lote é o avançado Meyong, que se junta a Frederico Venâncio, Fábio Pacheco e André Claro, trio que preserva o estatuto da época passada.

Símbolo incontornável da história dos sadinos, o camaronês, de 35 anos, que soma 81 golos em 200 jogos oficiais pelo clube, é visto pelos colegas como um exemplo a seguir devido às suas qualidades dentro e fora do campo. Figura consensual entre os adeptos, Meyong, que foi pela primeira vez treinado por Couceiro há 12 anos, já envergou a braçadeira no último jogo de preparação que o Vitória fez diante dos ingleses do Derby County na Algarve Cup.

Entretanto, José Couceiro agendou para hoje, no Estádio do Bonfim, duas sessões de trabalho, 9h30 e 17h30, sendo a vespertina realizada à porta aberta. Nas próximas horas, o clube deverá anunciar mais um nome para se juntar ao plantel. Recorde-se que defesa, meio-campo e ataque são os sectores a reforçar. Amanhã, pelas 10h30, há jogo de preparação, na Sobreda da Caparica, frente ao Cova da Piedade.

Ricardo Lopes Pereira