Aquisição visa a constituição de uma sociedade para que o Alaska Permanent Fund passe a ser proprietário da galeria comercial do empreendimento de Setúbal

Depois de ter cumprido ainda neste mês um ano de existência, a galeria comercial do Alegro de Setúbal foi comprada por um fundo do Estado do Alasca (Estados Unidos da América) à Multicenco – Estabelecimentos Comerciais, S.A., sociedade detida pela filial imobiliária Immochan, do grupo francês Auchan. O anúncio foi feito na última segunda-feira pela Autoridade da Concorrência, que deu conta da notificação de aquisição que lhe foi comunicada pelo Alaska Permanent Fund.

“A presente operação de concentração, notificada a 6 de Novembro de 2015, consiste na aquisição, pelo Alaska Permanent Fund, detentor da APF European Holding B.V., de uma participação de 50% numa sociedade comercial a ser constituída com o objectivo de ser a proprietária da galeria comercial do Centro Comercial Alegro de Setúbal, actualmente propriedade da Multicenco – Estabelecimentos Comerciais, S.A., sociedade detida pela filial imobiliária Immochan, do Groupe Auchan”, pode ler-se na notificação publicada no sítio da Autoridade da Concorrência.

O Alaska Permanent Fund “é um fundo constitucional” gerido pela empresa pública e organismo do Estado do Alaska, Alaska Permanent Fund Corporation.

Já o grupo Auchan é apresentado como “um grupo internacional cuja principal actividade no mercado consiste na venda a retalho de bens de consumo diário”, desenvolvendo actividade em vários países, incluindo Portugal.

O Alegro foi inaugurado a 11 de Novembro de 2014 e representou um investimento total de cerca de 110 milhões de euros. Mais de metade deste montante, cerca de 70 milhões, foi aplicada, então, na remodelação da galeria comercial Jumbo.