A ministra da Administração Interna deu “luz verde” para a reabilitação do espaço destinado a receber uma esquadra da Polícia de Segurança Pública (PSP) no centro do Barreiro, de acordo com uma portaria publicada ontem em Diário da República.

“Fica a Polícia de Segurança Pública autorizada a assumir, mediante reembolso ao município do Barreiro, os encargos orçamentais decorrentes da contratação de empreitada de obras públicas, a promover pelo mesmo município e destinada à reabilitação e adaptação do imóvel a afetar à Esquadra Policial da Divisão do Barreiro”, refere a portaria publicada.

O documento acrescenta que a verba disponibilizada para as obras ronda os 360 mil euros, permitindo assim reabilitar um dos imóveis mais emblemáticos do Barreiro Velho. A esquadra da PSP vai ficar instalada no antigo edifício do Café Barreiro, sendo este espaço cedido pela câmara municipal através de um protocolo.

A esquadra da PSP localizava-se inicialmente no centro do Barreiro, na Praça de Santa Cruz, mas, devido às más condições do edifício, foi transferida para a sede da divisão da PSP, no território da Quimiparque. O deputado do Partido Social Democrata (PSD) do distrito de Setúbal, Bruno Vitorino reuniu recentemente com a ministra da tutela, preocupado com que a situação da demissão do anterior secretário de Estado não atrasasse a construção da esquadra, uma vez que estava praticamente tudo pronto para que a mesma avançasse.

“Esta é uma decisão muito importante, que vai permitir melhorar as condições de trabalho dos elementos da PSP e aumentar a segurança da população”, disse. O deputado do PSD diz ainda que o governo “resolveu mais um problema” no concelho do Barreiro.