Órgão é composto por Luís Figueiredo, Ana Raposo Marques, Miguel Dias, Glória Franco e Nuno Rolo

O Partido LIVRE elegeu um novo Grupo de Coordenação Local (GCL) para o núcleo territorial do distrito de Setúbal. Eleito para um mandato de dois anos, o GCL é responsável pela gestão quotidiana do núcleo distrital do partido.

Luís Figueiredo, Ana Raposo Marques, Miguel Dias, Glória Franco e Nuno Rolo são os elementos efectivos eleitos na Lista S, que apresenta ainda como suplentes Renato Marques e Ângela Lacerda Nobre.

“A lista apresentou-se a sufrágio com a Moção Estratégica Local – “Território Sustentável – Região de Futuro”, onde se evidencia o enorme potencial do distrito, bem como o seu posicionamento geográfico, invejável no território nacional”, revela o GCL do LIVRE, salientando que nessa mesma moção “são também evidenciados os desafios que a região enfrenta no presente e a médio prazo”.

Em relação às próximas eleições autárquicas, o LIVRE apostará numa “geometria variável”, ou seja, “poderá concorrer com listas próprias, em coligação ou dando apoio expresso a uma candidatura que reflicta os valores e ideias” do partido.

A moção anuncia várias iniciativas, como “dialogar com a comunidade local, associações, instituições, sobre as mais variadas matérias, pretendendo ouvir mais do que falar; construir uma agenda ambiental regional e local; promover o debate em torno de questões locais concretas ou relativamente a assuntos que possam estar a ordem do dia; explicar a União Europeia à escala municipal; apresentar publicamente o LIVRE às comunidades locais; difundir a mensagem e ideias do LIVRE e iniciativas do Núcleo Territorial através do contacto directo, plataformas digitais ou órgãos de comunicação social”.