“ União Banheirense desloca-se à Amora e União Moitense estreia-se em Palmela”

No próximo domingo, dia 25 de Outubro de 2015, disputa-se a 2.ª jornada dos campeonatos distritais de seniores da 1.ª e 2:ª divisão da AF de Setúbal. Na 1.ª distrital a equipa da União Banheirense tem uma curta mas difícil deslocação ao Campo da Medideira, onde defrontará o Amora. Ambas as equipas entraram na competição com o pé direito ou seja, venceram na 1.ª jornada. A União Banheirense derrotou em casa o Beira Mar de Almada (2-0) e o Amora foi vencer a AD Quinta do Conde (2-1). Nesta época 2015/2016 as duas equipas já jogaram entre si na fase de grupos da Taça A.F.S, tendo a partida disputada no Municipal do Vale da Amoreira, terminado com uma igualdade no marcador (2-2).

UFC Moitense estreia-se no campeonato com uma deslocação a Palmela

“ Treinador Nuno Paulino ambiciona conquistar os 3 pontos em disputa”

O União Futebol Clube Moitense vai estrear-se nas competições oficiais da AF de Setúbal – época 2015/2016. A equipa da Vila da Moita não participou na Taça A.F.S, e na jornada inaugural do campeonato da 2.ª divisão distrital que teve início na passada semana, folgou. O pontapé-de-saída da equipa treinada por Nuno Paulino, vai ser dado no Complexo Municipal de Palmela, onde terá como opositor o Palmelense Futebol Clube. Será o reencontro de dois clubes com pergaminhos no futebol distrital, que há muitos anos não se defrontam entre si em competições oficiais do organismo associativo e que agora se encontram a disputar o campeonato secundário. A equipa de Fábio Baía dos Santos estreou-se no campeonato com um empate no terreno do Vasco da Gama de Sines (0-0). Em declarações ao nosso Jornal, o treinador do Moitense fez-nos uma antevisão do encontro, não sem antes fazer um balanço da pré-época “ A nossa pré-época por razões óbvias não foi a ideal. Dadas as circunstâncias do arrelvamento do nosso campo acabámos por ter que ficar de fora da taça, a qual seria obviamente uma forte ajuda para o arranque da época. Por consequência dessa mesma ausência da taça, acabamos por ter que fazer a maioria dos jogos de treino com equipas do INATEL, sem desrespeito nenhum para com essas equipas, mas não produz o mesmo efeito que jogar uma taça e ter outro tipo de jogos, e muito mais tempo de preparação do que nós temos agora” diz Nuno Paulino. Apesar dos condicionalismos que marcaram a preparação da sua equipa, as expectativas para a época são de optimismo a começar já no encontro frente ao Palmelense “ Apesar de não termos tido a pré-época que desejávamos, mas contudo, também em virtude de não termos mexido tanto este ano e termos alguma base do ano passado, acredito que teremos condições para lutar pelos 3 pontos em Palmela. Sabemos que a equipa adversária é um dos candidatos à subida e que neste momento estão com uma preparação mais avançada que nós, mas isso não nos inibe de ambicionar ir lá lutar pelos 3 pontos, mesmo reconhecendo que o favoritismo recai para o lado do Palmelense” refere.