Certame veio reforçar o empenho da autarquia em promover novas parcerias e projectos, disse o autarca

“Dá sentido ao trabalho dinamizado pela autarquia na aproximação dos jovens à cidade.” Foi desta forma que o vereador da Câmara Municipal de Setúbal, Pedro Pina, realçou a participação do movimento juvenil do concelho, bem como de diversas entidades e associações, no Fórum da Juventude 2016, durante a sessão de abertura da iniciativa.

O certame, que decorreu nos dias 13 e 14, promovido pelo município sadino, no âmbito do programa [email protected], que marcou as comemorações do Mês da Juventude, permitiu a partilha da interculturalidade setubalense.

Durante a cerimónia de abertura, o vereador responsável pelo pelouro da Juventude lembrou que “a voz da juventude tem um espaço privilegiado no quotidiano do município, com desafios e actividades constantes”, o que permitiu que a sessão constituísse um “importante espaço de partilha e de participação para as novas gerações, que podem dar a conhecer os seus trabalhos”. Pedro Pina vincou que a participação registada no encontro dá “mais força à autarquia na criação de novas parcerias e de projectos conjuntos”.

A Interculturalidade foi o mote do Fórum da Juventude 2016, com o primeiro dia, na Escola de Hotelaria e Turismo de Setúbal, a servir de encontro para partilha de ideias entre o movimento associativo juvenil do concelho. A sessão, intitulada “7 Talks – Projectos jovens em acção”, com a presença de mais de uma centena de jovens, contou com a participação da Setúbal Academy, do projecto Mudar o Olhar, de You Name It Portugal, da Associação de Estudantes da Escola Secundária Sebastião da Gama e de Sheila Pereira + Aida Ferrer. A Voluntiir, a LONO – Land Of No One, o Clube de Animação Jovem da APPACDM, a Academia de Voleibol de Praia, a Associação Académica do Instituto Politécnico de Setúbal, o Nosso Bairro, Nossa Cidade, a Edinstvo – Associação de Imigrantes dos Países de Leste, e o grupo Bêco foram outros organismos e projectos presentes no encontro.

Actividades para todos os gostos

A iniciativa prosseguiu no dia 14, no Largo José Afonso, com a apresentação da “JAM – Jovens, Arte e Movimento”, espaço com demonstrações de basquetebol, voleibol e slackline, desporto de equilíbrio sobre uma fita, além de actividades gastronómicas e de artes plásticas.

O certame intercultural, que se prolongou até às 02h00, contou com um “World Café”, dinamizado pela SEIES – Sociedade de Estudos e Intervenção em Engenharia Social, e pela ACM – Associação Cristã da Mocidade, em que os jovens colocaram, em árvores, frases com desejos.

Foi ainda inaugurada a exposição subordinada ao tema “Setúbal: Diálogo Intercultural em Cartaz”, constituída por 40 fotografias sobre a interculturalidade na cidade, e a exibição do vídeo “Setúbal: Jovens, Sonhos e Projectos”, realizado pela YTv, da ACM de Setúbal.

Jovens artesãos, como Carolina Santos, de “O Canto do Pardal”, e Liliana Valente, e das instituições Blank e Edinstvo aproveitaram o encontro para apresentarem alguns trabalhos manuais.

A dança teve uma forte presença no evento, com as participações do Estúdio de Dança Kelly Nakamura, da Edinstvo, de Badii Carter, da Classe Andreia Gravata, de Natacha Joaquim, da Fashion Toques, do Vitória Futebol Clube, da BS Dancerz e de Sheila Pereira + Aida Ferrer. Decorreu ainda uma demonstração de capoeira, com o instrutor Boca.

Setúbal Academy, Zyola + Mcbtk + Two-One-Two, Mr. Jojo + Zé Miguel Zambujo, APPACDM + Academia de Música e Belas-Artes Luísa Todi, Cristiano Chakal + João Diogo e EST’Tuna foram as instituições e os artistas locais que deram música ao certame.

Esta edição, realizada com o apoio da Junta de Freguesia de São Sebastião e da Escola de Hotelaria e Turismo de Setúbal, integrou ainda o Maio – Diálogo Intercultural, programa de valorização das diferentes culturas do concelho, a decorrer ao longo do mês.