A Feira Quinhentista de Coina-Barreiro, que decorre de 30 de Setembro a 2 de Outubro, durante os três dias das 14h00 às 00h00, no espaço do mercado mensal de Coina, com entrada livre, está a criar uma grande expectativa junto da população e, também, dos artesãos, e tasquinhas – “artífices, artesãos, mercadores e regatões”.

Esta é uma iniciativa da Câmara Municipal do Barreiro (CMB) e da União das Freguesias de Palhais e Coina, com o apoio à organização da ALIUSVETUS – Associação Cultural História e Património.

“Se é artífice, artesão, mercador ou regatão e promove a venda e/ou demonstração de produtos característicos da época manuelina esta Feira é para si. Participe nesta recriação histórica do comércio, gastronomia e das artes e ofícios quinhentistas”, refere a organização em comunicado.

A Feira Quinhentista de Coina insere-se no Programa de Comemorações dos 500 anos do Foral de Coina, atribuído por D. Manuel, a 15 de fevereiro de 1516, a este antigo Município, actualmente, Freguesia integrante do Concelho do Barreiro.

Em 2016, neste mesmo dia, foi assinalado o arranque das Comemorações dos 500 anos do Foral com uma “aula” sobre a temática, um Ateliê de Marionetas, ambos conduzidos por técnicos da Autarquia, e uma sessão de Dança Quinhentista, com a participação de alguns elementos da Alius Vetus, trajados à época, tendo como “palco” a Escola Básica local.