Meia centena de stands institucionais de artesanato e doçaria regional instalados no Pavilhão Gracieta Baião, uma tenda de espectáculos, com a participação de 10 tasquinhas de associações do concelho, e, no exterior, cerca de 100 feirantes. A Feira Nova de Outubro está de regresso a Alcácer do Sal, com o primeiro fim-de-semana do referido mês. Animação, tradição e cultura de mãos dadas nos dias 2, 3 e 4 de Outubro.

“À semelhança do ano passado, a Câmara Municipal de Alcácer do Sal aposta nos artistas do concelho. Este ano, as jovens fadistas Ana Botas, Mariana Botas e Margarida Mendes fazem a abertura dos espectáculos às 21h00, seguindo-se, às 23h00, o Tributo aos ABBA, e, a partir das 00h30, é a vez da DJ Angelita subir ao palco”, sublinha a autarquia.

No sábado, 3, outra artista local, Maria João Fura actuará pelas 21h00. “Segue-se Rouxinol Faduncho e, às 00h30, o Dj Moreno”, realça o município.

No domingo, 4, às 17h00, realiza-se uma corrida de toiros. Às 21h00, será a vez da banda alcacerense “Unstyled” subir ao palco, seguindo-se, às 23h00, o espetáculo de outra banda de jovens de Alcácer. “Os ‘Magana’ vão estrear-se em palco.”

O presidente da Câmara, Vítor Proença, mostra-se confiante em mais um êxito. “Tal como aconteceu com a PIMEL esperamos que a edição deste ano da Feira Nova de Outubro seja mais um sucesso, do agrado de todos”, salienta o autarca.

A Feira Nova de Outubro é uma das mais antigas tradições alcacerenses. “O certame resulta de um pedido feito pela câmara da Vila de Alcácer do Sal, no reinado da rainha D. Maria I, para que aqui se realizasse uma feira franca. O decreto que veio instituí-la data de 13 de Março de 1782 e determinava que a mesma tivesse uma duração de três dias e se realizasse no primeiro domingo do mês de outubro”, conclui a autarquia.

Fotografia de guymoll