Reunião de câmara descentralizada decorreu em Pegões. Nuno Canta afirmou que já reuniu com o novo director do ACES

O encerramento da extensão do Centro de Saúde de Santo Isidro de Pegões, por falta de recursos humanos, foi um dos temas que marcaram a reunião descentralizada do executivo camarário do Montijo, realizada na última quarta-feira. A sessão, que decorreu a partir das 21h00 na sala da Biblioteca na sede da Junta da União das Freguesias de Pegões, levou o presidente da Câmara, Nuno Canta, a explicar que a autarquia tem vindo a desenvolver esforços junto das entidades competentes para que seja encontrada uma solução.

O socialista disse que a Câmara tem acompanhado a situação e que até já reuniu “com o novo director do Agrupamento de Centros de Saúde do Arco Ribeirinho” (ACES), onde foi abordado o problema que a autarquia “espera que seja resolvido brevemente”, pois entende que este é “um serviço de proximidade de grande importância e necessidade” para a população de Santo Isidro.

Durante a reunião foi aprovada, por unanimidade, a abertura de um procedimento de um concurso para a “contratação de assistentes operacionais – pessoal não docente”, que permitirá colocar mais quatros funcionários no Agrupamento de Escolas de Pegões, Canha e Santo Isidro.

Antes do período da ordem do dia, os munícipes presentes usaram da palavra para solicitar esclarecimentos e apresentar questões.