Clube de Rugby de Setúbal caiu nos oitavos-de-final da Taça de Portugal no escalão sub-16. Os setubalenses deslocaram-se a Évora onde perderam por 29-7 num jogo marcado por um grande equilíbrio entre as duas equipas onde os eborenses aproveitaram e bem alguns erros dos jovens sadinos. Daí a diferença verificada. No domingo. os seniores do CR Setúbal jogaram na Moita onde defrontaram o AR Ubuntu, num jogo onde os sadinos foram superiores em todas as acções do jogo. No entanto acabaram por perder por 33-21. A equipa de Setúbal adiantou-se no marcador logo aos sete minutos e criou inúmeras oportunidades no decorrer da primeira parte. No entanto, a formação do Ubuntu aproveitou um período de grande desconcentração do adversário e, em apenas cinco minutos marcou por duas vez passando para a frente no marcador. Na segunda parte a história repetiu-se, domínio total dos setubalenses e os adversários a aproveitarem alguns deslizes dos sadinos. Mas, já nos últimos dez minutos e manifestando uma grande frescura física, os sadinos marcaram por duas vezes.

De acordo com o treinador João Terlim, “é bastante frustrante perder assim, pois fomos e somos muito superiores a esta equipa em todas as fases do jogo. No entanto, quem finaliza com sucesso ganha e no desporto é assim“.

Na primeira parte a equipa de Setúbal jogou os últimos dez minutos com apenas 13 jogadores, fruto da expulsão temporária de dois atletas. No final da segunda parte a história repetiu-se, e o CR voltou a jogar apenas com 13 jogadores. Todavia, mesmo assim conseguiu dois ensaios, mostrando uma condição física superior.