Uma conferência-debate, subordinada ao tema “Os Movimentos de Refugiados na Europa: Perspectivas Escalares”, vai marcar o arranque das I Jornadas de Geografia, promovidas pela Escola Secundária da Amora de 25 a 27 de Novembro.
A conferência, que inaugura as jornadas, inicia-se pelas 10h00 e é organizada com o apoio da Câmara Municipal do Seixal, no âmbito do projecto “Povos, Culturas e Pontes”.
A sessão de abertura destas I Jornadas de Geografia da Escola Secundária da Amora estará a cargo de Simão Cadete, director do referido estabelecimento de ensino, e da vereadora Corália Loureiro, vice-presidente do município.
No dia 26 de Novembro, quinta-feira, às 10 horas, realiza-se a palestra “Fenómenos Climáticos Extremos: as Secas em Portugal”, com a presença de Maria José Roxo, da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH) da Universidade Nova de Lisboa (UNL).
As TIG (Tecnologias de Informação Geográfica) nas Aulas de Geografia: “Vantagens e Constrangimentos” é o tema da intervenção de Madalena Mota, impulsionadora do projecto ConTIG, no dia 27 de Novembro, sexta-feira, às 10 horas.
Programa da conferência-debate
25 de Novembro
10 horas – Sessão de abertura
Simão Cadete, director da Escola Secundária de Amora, e vereadora Corália Loureiro,
vice-presidente da Câmara Municipal do Seixal
10.15 horas – Crise de Refugiados na Europa: Factos, Mitos e Incertezas, Dulce
Pimentel, FCSH da UNL
10.45 horas – Debate
11 horas – Portugal e o Desafio das Migrações, Pedro Calado, alto-comissário para as
Migrações
11.15 horas – Debate
11.30 horas – Migrações, Acolhimento e Integração: Práticas Locais, Sílvia Lopes,
Divisão de Desenvolvimento Social e Cidadania da Câmara Municipal do Seixal
 12 horas – Debate
12.15 horas – Sessão de encerramento
Manuel Araújo, presidente da Junta de Freguesia de Amora