A passagem do Circo Mundial pela cidade de Setúbal atraiu ao parque da feira, nas Manteigadas, mais de um milhar de pessoas.

O último dos dez espectáculos foi ontem ao início da noite e, mais uma vez, os artistas deixaram encantada a assistência. Os responsáveis pelo Circo Mundial dizem estar satisfeitos com o acolhimento em Setúbal.

“Foi um sucesso”, disse Ruben Mariani ao DIÁRIO DA REGIÃO. O pai, Rui Mariani, acrescenta que o público aderiu “bastante bem” e que a afluência “foi boa”, com uma média de mais de 100 pessoas em cada espectáculo.

O Circo Mundial é um projecto que surge da junção de um grupo de empresários que recriaram este grande espectáculo, um circo gigante, com 40 artistas, em três pistas que funcionam quase sempre em simultâneo, e que apresenta um grande desfile de animais, explicou Ruben Mariani.

Os responsáveis pelo circo, que movimenta uma logística de 35 camiões TIR e outros 15 carros de assistência, orgulham-se dos animais que apresentam, sublinhando o tratamento exemplar que lhes é dispensado por todos os elementos da companhia e pelos tratadores em especial.

O êxito da passagem por Setúbal, para Rui Mariani, prova que “o circo das três pistas tem pernas para andar”. A ideia já concretizada no passado, mas agora trata-se de uma superprodução completamente nova “que permite usufruir das novas tecnologias, de mais luz e outros recursos”, afirma, concluindo que se trata de “um grande espectáculo, com muitos momentos altos em que o público aplaude de pé”.

O circo gigante das três pistas vai agora para o Seixal onde proporcionará vários espectáculos já no próximo fim-de-semana. A paragem é em Corroios, no sítio habitual, junto ao restaurante da MC Donalds.