O novo Centro de Recolha de Animais Errantes do Barreiro e Moita, uma obra orçada em cerca de 335 mil euros, vai estar concluído no primeiro trimestre de 2016, anunciou Sónia Lobo, vereadora da Câmara do Barreiro.

“Está um pouco atrasada a obra de construção do novo canil, mas penso que no primeiro semestre do próximo ano estará concluído”, disse a vereadora.

As câmaras do Barreiro e da Moita assinaram protocolo de cooperação para a construção de um Centro Intermunicipal de Recolha de Animais Errantes, que tem um investimento inicial de 335 mil euros.

O novo Centro Intermunicipal de Recolha de Animais Errantes ficará localizado junto ao Mercado Abastecedor do Barreiro e irá contemplar 33 boxes para cães, celas de quarentena, um gatil e um espaço administrativo.

“Com este equipamento vamos dar melhores condições aos trabalhadores e também aos animais. Estamos neste momento a trabalhar num regulamento conjunto com a Câmara da Moita para o centro”, salientou.

O valor inicial da obra é cerca de 335 mil euros e, segundo o protocolo, as despesas irão obedecer a uma repartição de 60% para o município do Barreiro e de 40% para o da Moita.

“Pretendemos no futuro criar uma política de adoção cuidada dos animais e de não abandono, mesmo sabendo que esta situação não é fácil de conseguir”, concluiu.