Seminário reuniu nomes como Pedro Mota Soares, Maria Ribeiro Ferreira, Ana Clara Birrento e Nuno Magalhães, entre outros

“Políticas sociais para a família” foi o tema do seminário promovido pela concelhia do CDS-PP do Montijo, no último sábado, na Galeria Municipal. Durante cerca de três horas e meia, e com a sala praticamente lotada, foram debatidas algumas das medidas de um pacote de propostas que os centristas já apresentaram, tendo em vista a protecção social das famílias portuguesas.

Fernando Guerra, presidente da concelhia democrata-cristã do Montijo, abriu o encontro, cujo primeiro painel foi composto por Pedro Mota Soares, ex-ministro da Solidariedade, Mariana Ribeiro Ferreira, antiga presidente do Instituto de Segurança Social, e Nuno Caetano, em representação da Misericórdia do Montijo. O ex-governante abordou as políticas sociais de apoio à natalidade, ao passo que Mariana Ribeiro Ferreira se debruçou sobre a temática do apoio aos idosos. Nuno Caetano apresentou o exemplo do trabalho desenvolvido na Santa Casa da Misericórdia, numa primeira mesa que teve como moderador Mário Rui Sobral, jornalista do DIÁRIO DA REGIÃO.

O segundo painel foi composto Ana Clara Birrento, ex-presidente do Instituto da Segurança Social, que sucedeu no cargo a Mariana Ribeiro Ferreira, Francisco Vilhena da Cunha, da Associação Portuguesa de Famílias Numerosas, e João Merino Moura, jovem pai de quatro filhos, que apresentou o tema “vivências de uma família numerosa num país em Inverno”. Ana Clara Birrento mostrou uma caracterização do distrito de Setúbal que arrebatou atenções, traçando um perfil social da região, que servirá de base à elaboração das propostas a apresentar pelo partido ao eleitorado já nas próximas autárquicas.

O encerramento do evento esteve a cargo do deputado Nuno Magalhães, líder da bancada parlamentar do CDS-PP.