Foram seis os grupos que promoveram o cante alentejano e alegraram a baixa comercial de Setúbal, na manhã de sábado. A cidade sadina recebeu assim mais uma edição, a décima, do encontro anual de coros de cante alentejano.

O Encontro de Corais Alentejanos – Alentejo Abraça de Setúbal, organizado pela Câmara Municipal e pelo Grupo Desportivo Independente, voltou a captar a atenção das muitas pessoas que aproveitam o fim-de-semana para fazer compras na baixa setubalense.

No evento participaram seis grupos: o anfitrião Grupo Coral Alentejano “Os Amigos do Independente”, Grupo Coral Alentejano “Os Amigos dos Sadinos” (ambos de Setúbal), Grupo Coral da Mina de São Domingos, de Mértola, Grupo Coral Feminino Douradas Espigas, de Albernoa, Beja, Grupo Coral “Fora D’Oras”, de Montemor-o-Novo, e Grupo Coral Operário das Paivas, do Seixal.

Antes dos desfiles dos grupos participantes pelas ruas da baixa, que culminaram em actuações de palco no Largo da Misericórdia, os conjuntos receberam as boas-vindas nos Paços do Concelho, numa cerimónia conduzida pelo vereador responsável pelo pelouro da Cultura, Pedro Pina. Durante a cerimónia, em que foram distribuídas lembranças pelos participantes, Pedro Pina destacou a importância do cante em Setúbal, um concelho com uma forte presença da comunidade alentejana e onde, sublinhou o autarca, “existem de dois grupos corais dedicados a este género”, classificado como Património Imaterial da Humanidade pela UNESCO em 2014.