Defende a convocação de legislativas antecipadas, manifesta apoio a Marcelo Rebelo de Sousa para as Presidenciais e apela à mobilização com foco nas autárquicas de 2017

Bruno Vitorino vai ser reconduzido na presidência da Comissão Política Distrital de Setúbal do PSD, já que a lista encabeçada pelo deputado deverá ser a única a concorrer às eleições que terão lugar no próximo sábado. O social-democrata anunciou a recandidatura à liderança do partido no distrito e, ao que apurou o DIÁRIO DA REGIÃO, a comissão de honra da candidatura integra dois nomes de peso: Maria Luís Albuquerque e Miguel Frasquilho.

Em comunicado, Bruno Vitorino confirma a decisão de se recandidatar às funções de presidente da distrital do partido laranja, sublinhando que defende “a convocação de eleições legislativas, logo que as regras constitucionais o permitam”, e com o foco nas próximas eleições autárquicas. “Depois de nos últimos quatro anos termos ultrapassado uma situação de emergência nacional, Portugal atravessa agora uma tempestade perfeita”, afirma, sublinhando de seguida: “Numa altura em que Portugal saía da maior crise económica e financeira da sua história democrática, a irresponsabilidade dos partidos da oposição deu lugar a uma crise política.”

Bruno Vitorino realça que, a agravar a situação, esteve um quadro político com um Presidente da República “impedido de dissolver o Parlamento”, com Cavaco Silva, lamenta, “forçado a dar posse a um Governo politicamente ilegítimo e refém de uma esquerda radical e totalitária, e tendo sido afastado um Governo democraticamente eleito pelo povo”. Por isso, considera que o PSD “deverá estar preparado para qualquer eventualidade política, pois ninguém acredita que o actual Governo seja credível, nem estável, nem duradouro”.

O social-democrata assume ainda apoio à candidatura de Marcelo Rebelo de Sousa à Presidência da República e apela à mobilização do partido no distrito de Setúbal no sentido de que o professor possa sair vitorioso logo à primeira volta.

Em relação às autárquicas de 2017, Bruno Vitorino volta a realçar a importância de mobilizar os militantes e simpatizantes do PSD e fala na apresentação de candidaturas em todos os concelhos do distrito, de forma a reforçar a presença social-democrata nos órgãos autárquicos da região.

Listas aos Órgãos Distritais

CONSELHO DE JURISDIÇÃO

Jacinto Pereira (Montijo) – presidente

Paula Galvão (Almada)

Victor Castro Nunes (Barreiro)

Francisco Canelas (Setúbal)

Simão Sousa (Almada)

Catarina Almeida (Alcochete)

Paula Goucha (Alcácer do Sal)

Tânia Dias (Barreiro)

COMISSÃO DISTRITAL DE AUDITORIA FINANCEIRA

Mendes Dias (Sesimbra) – presidente

Fernando Galvão (Barreiro)

Jaime Puna (Setúbal)

João Figueiredo (Sines)

MESA DA ASSEMBLEIA DISTRITAL

Pedro do Ó Ramos (Santiago do Cacém) – presidente

Raquel Cardoso (Setúbal) – vice-presidente

Secretários:

Isabel Dias Nunes (Grândola)

Paulo Cravidão da Veiga (Montijo)

Teresa Branco (Santiago do Cacém)

COMISSÃO POLÍTICA DISTRITAL

Presidente

Bruno Vitorino (Barreiro)

Vice-presidentes

António Salgueiro (Almada)

Paulo Ribeiro (Setúbal)

Tesoureiro

Armando Barata (Almada)

Secretário Dist.

Paulo Sabino (Almada)

Vogais

Ana Filipa Mota (Montijo)

Margarida Bonito (Setúbal)

André Machado (Setúbal)

Carlos Cardoso (Moita)

Colin Marques (Palmela)

Francisco Luís (Sesimbra)

Georgete Oliveira (Setúbal)

Pedro Louro (Alcochete)

Rui Piedade (Santiago do Cacém)

Rui Belchior Pereira (Seixal)

Sílvia Sousa (Almada)

Sónia dos Reis (Grândola)