Deputado quer ver Álvaro Amaro reconhecer mérito ao PSD/CDS pela construção de nova unidade de saúde em Pinhal Novo

Bruno Vitorino, deputado do PSD à Assembleia da República eleito pelo círculo de Setúbal, reclama para o anterior Governo o crédito da construção da Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados de Pinhal Novo-Sul. O social-democrata lembra que a decisão foi tomada pelo executivo liderado por Passos Coelho e alerta o presidente da Câmara Municipal de Palmela, Álvaro Amaro (CDU), para que não se esqueça a quem cabe esse mérito.

“Esperemos que não haja nenhum episódio de falta de memória, como acontece regularmente por parte dos autarcas do PCP, que quando as obras não estão feitas dizem que a culpa é do Governo, mas que quando avançam o mérito é deles próprios ou da luta das populações”, diz o deputado do partido laranja, em comunicado enviado ao DIÁRIO DA REGIÃO. No entender do parlamentar, o Governo PSD/CDS-PP “investiu fortemente na área da Saúde no distrito de Setúbal”, não obstante os “tempos de grandes constrangimentos económicos”. Como exemplo, Bruno Vitorino aponta a construção dos novos Centros de Saúde de Santo António da Charneca, da Unidade de Saúde Familiar da Verderena (Barreiro), da Quinta do Conde (Sesimbra) e de Sines, cuja obra se encontra em curso, mas “também na requalificação profunda de muitos outros centros de saúde”, em Alhos Vedros (Moita).

A mesma nota da distrital laranja cita ainda o vereador da coligação “Palmela Mais” na Câmara Municipal de Palmela, Paulo Ribeiro, que espera que “o PS possa efectivamente dar seguimento” à concretização da Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados de Pinhal Novo-Sul, agora que a construção desta Unidade de Cuidados de Saúde “já foi aprovada e para a qual já foram garantidas as verbas, de mais de um milhão de euros, pelo então Governo PSD/CDS-PP”. A concluir, Paulo Ribeiro deixa também um recado ao Governo socialista, liderado por António Costa, alertando para que o PS “não venha a meter na gaveta” a referida obra.