Anúncio de acordo, alcançado no passado dia 6, foi feito por ambas as entidades. Todas as equipas de gestão da empresa sedeada em Setúbal vão manter-se em funções

A SAPEC Agro Business, com sede em Setúbal, já só aguarda pela aprovação das autoridades da concorrência portuguesa e espanhola para passar para as mãos do fundo de investimento Bridgepoint. O anúncio do negócio foi feito por ambas as entidades, em comunicado, na passada segunda-feira, sendo que o montante envolvido na operação ultrapassa os 450 milhões de euros.

“Chegou-se, no dia 6 de Novembro, a um acordo de venda do Agro Business da SAPEC ao fundo de investimento Bridgepoint, que avaliou o negócio em 456 milhões de euros. O agro business da SAPEC é detido 100% pela SAPEC Portugal SGPS S.A. e agrega as empresas SAPEC Agro S.A. e Trade Corporation International S.A.”, pode ler-se no comunicado da SAPEC, que acrescenta: “Com um valor líquido de venda das acções de 318.387 milhões de euros, a transacção está apenas dependente da aprovação das autoridades da concorrência portuguesa e espanhola.”

Eric van Innis, CEO da SAPEC Agro Business, que continuará a liderar o negócio na nova estrutura accionista considera a venda “como um reconhecimento dum trabalho bem feito de toda uma equipa de pessoas e profissionais” e “como uma prova muito forte de confiança do novo accionista” nessa mesma equipa. “O novo accionista partilha as nossas ambições e o objectivo passa por acelerar o crescimento do nosso negócio criando oportunidades em novos mercados, lançando novos desenvolvimentos e novas soluções agrícolas para os nossos clientes. Estes são tempos muito entusiasmantes para a SAPEC Agro Business e para os seus clientes, num mercado muito atractivo e em crescimento”, adiantou o responsável, citado no comunicado.

Já Héctor Pérez, partner da Bridgepoint, salientou que “o desempenho da SAPEC Agro Business tem sido robusto”. “Acreditamos que está agora em condições para acelerar o crescimento e ganhar escala. Acreditamos que há oportunidade para potenciar as suas capacidades, no sentido de aumentar o crescimento e ganhar novos territórios a lançar produtos customizados”, considerou no mesmo documento.

Líder no mercado ibérico

A SAPEC Agro Business assume-se como líder ibérico de genéricos diferenciados na protecção de culturas e uma das maiores empresas do mundo na nutrição especializada da planta.

Sedeada em Setúbal, desenvolve, produz e comercializa produtos para a protecção de culturas (herbicidas, insecticidas e fungicidas) e especialidades na área da nutrição vegetal (fertilizantes especiais, como micro nutrientes e bio estimulantes). Estas duas áreas, segundo a empresa, estão em “crescimento estrutural, dada a necessidade de aumentar a quantidade e qualidade da produção agrícola para responder à evolução da população e suas necessidades duma alimentação saudável”.

Em relação ao portfólio de investimentos da Bridgepoint, contam-se empresas líderes nos seus mercados. A organização investe em empresas com uma gestão saudável com quem trabalha em estreita colaboração.

“Todas as equipas de gestão da SAPEC Agro Business mantêm as suas funções e os centros de decisões ficarão onde estão”, lê-se na parte final do comunicado.

Grupo com forte implantação em Setúbal

Focada em nichos diferenciados, a SAPEC Agro Business diz-se “líder na protecção de culturas em Portugal e terceiro em Espanha”, considerando-se ainda como “um dos líderes globais em nutrição vegetal com vendas em mais de 70 países”. Em 2015, o negócio gerou receitas de 223 milhões de euros.

O grupo SAPEC foi fundado em 1926, com o intuito inicial de efectuar exploração mineira de pirite na zona sul do País. Actualmente, o grupo destaca-se também no sector químico, tendo sedeada em Setúbal a SAPEC Química. Detém também em Setúbal uma zona industrial com mais de 100 hectares, além de outra área de idêntica dimensão no Lousal.